Cópia pobre do "SP2" estreia com correria e excesso de notícias

Carla Cecato apresenta o "SP Record"
Entre as estreias da reprise "Os Dez Mandamentos" e a inédita "Belaventura", a Record TV lançou nesta segunda-feira (25) em seu horário nobre o novo telejornal local "SP Record", com apresentação de Carla Cecato, ex-bonequinha de bancada do "Fala Brasil".

Num sanduíche de dois folhetins e sem intervalos comerciais, o "SP Record" pecou pelo exagero e falta de, digamos, brilho e leveza.

Nervosa por conta da estreia, em pé e perambulando de um lado para o outro, a jornalista conduziu o noticioso na maior correria somente para deixar claro de que a novidade se trata de um telejornal dinâmico. Até que é. Frenético, o festival de notícias e links ao vivo contou com helicópteros, previsão do tempo e pauta policial moderada e esportiva.

Mas... pode-se dizer que o "SP Record" nada mais é do que uma cópia pobre do telejornal global "SP2". Com o dobro de tempo no ar e um cenário pouco atraente e desenhado às pressas, a nova aposta da Record não passou de um simples telejornal tapa buraco e qualquer, sem muito a acrescentar.

Tecnologia do Blogger.