Três programas "níveis" que não mereciam estar no esgoto da Record TV

Geraldo Luís apresenta o tenebroso "Domingo Show"
Record TV, a emissora mais nojenta, imunda e detestável da televisão brasileira (ficaria o dia todo elogiando), sem dúvidas, não é referência ou saída quando procuramos algum programa "nível" para preencher nossas horas de tédio. Sangue, tragédia, baixaria, sensacionalismo, assistencialismo e hipocrisia religiosa fazem do canal de Edir Macedo um dos piores do país. Estou errado? Bom...

No entanto, sou obrigado a reconhecer que neste esgoto fétido do vale tudo por audiência, eis que surge alguns programas... pasme!... assistivos. A seguir, três atrações raríssimas que se salvam na Record TV:

Roberto Justus
1. Power Couple
Apesar de alguns erros, para quem curte programas do gênero, o reality de casais da Record é uma boa pedida. A diversão é garantida. A dinâmica do programa evoluiu bastante nesta última (2ª) temporada. Até o desempenho do apresentador Roberto Justus é de uma outra pessoa bem diferente daquele boneco horroroso que o público viu em "A Fazenda".

A diversão em si fica por conta dos casais, lógico! Não me refiro as provas, mas nos atritos resultantes dos erros, acertos e apostas durante os desafios. Um desperdício um programa desses estar na Recó.

 Xuxa
2. Dancing Brasil
Até que enfim um produto a altura de tanto investimento! O entalado reality foi, talvez, a última chance de Xuxa no canal dos bispos. Após sofrer críticas e apanhar na briga por audiência, a loira achou seu lugar na emissora dos bispos. Vamos combinar, aquele outro programa dela era um "Ó". Mas, deixa Xuxa pra lá.

O "Dancing Brasil" surpreendeu o público com entretenimento de qualidade com uma produção digna de emissora gringa. Uma pena que a Record vai desgastar o formato lançando outra temporada um mês após o término da primeira.

Fábio Porchat
3. Programa do Porchat
Eis uma das poucas alternativas que se possa assistir na emissora dos bispos sem passar raiva com sensacionalismo e apelações. Lutando contra concorrência, faltas de ideias e opções, Fábio Porchat tem se rebolado e já merece um prêmio por ser o diferencial no canal dos bispos. E que diferencial!

O "Programa do Porchat", coprodução da Record com Eyeworks, pode não ser um dos melhores programas que há entre as cincos grandes emissoras, mas é um dos melhores da medonha programação da Record. Uma raridade.

Juro pra você, caro leitor, que gostaria de citar ou encontrar outros programas níveis na Record. Uma pena que não tem! HAHAHA!!!
Tecnologia do Blogger.