[slider]

Esposa de Joesley Batista na mira[combine]

Destaques[three](3)

Notícias da TV[two]

Injustiça[oneleft]

Nostalgia[oneright]

Já leu?[three](3)

+ Detonadas[two]

Veja também[oneleft]

Especial[oneright]

Zé Mayer rebate acusação de assédio sexual

Por: Redação, 02/04/2016/2017 O ator José Mayer negou as acusações de assédio sexual contra uma figurinista da Globo durante os bastidor...

Por: Redação, 02/04/2016/2017
O ator José Mayer negou as acusações de assédio sexual contra uma figurinista da Globo durante os bastidores da novela "A Lei do Amor". O caso foi denunciado pela vítima em um texto publicado no blog #AgoraÉqueSãoElas, do jornal Folha de S. Paulo, na sexta-feira (31).

Segundo Susllem Tonani, 28, além de diversos comentários desrespeitosos, o ator chegou a colocar a mão esquerda na genitália dela. O caso aconteceu em fevereiro deste ano, mas o assédio se dá há cerca de oito meses.

Em sua defesa, José Mayer, afirmou que respeita "muito as mulheres, meus companheiros e o meu ambiente de trabalho". "Peço a todos que não misturem ficção com realidade. As palavras e atitudes que me atribuíram são próprias do machismo e da misoginia do personagem Tião Bezerra, não são minhas!", disse. Ainda segundo ele, nos 49 anos trabalhando como ator "sempre busquei e encontrei respeito e confiança em todos que trabalham comigo."

A Globo, por sua vez, que chegou a ser acionada pela vítima para se posicionar sobre o caso, informou que o assunto foi apurado e as medidas necessárias estão sendo tomadas. Ainda segundo a emissora, assuntos internos não são comentados pela empresa, que "repudia toda e qualquer forma de desrespeito, violência ou preconceito".

Denúncia
O depoimento da figurinista Susllem Tonani, publicado originalmente no blog #AgoraÉqueSãoElas do jornal Folha de S. Paulo, foi retirado do ar por algumas horas na sexta-feira (31). Segundo a Folha, o texto desrespeitou o princípio editorial de só publicar acusação após ouvir e registrar os argumentos da parte acusada, salvo nos casos em que isso não for possível. Depois que o ator José Mayer se pronunciou e negou as acusações, o texto voltou a ficar disponível, com a versão dele sobre o caso.

No texto de Susllem, ela conta sobre como começou o assédio. "E essa história de violência se iniciou com o simples: ‘como você é bonita’. Trabalhando de segunda à sábado, lidar com José Mayer era rotineiro. E com ele vinham seus ‘elogios’. Do ‘como você se veste bem’, logo eu estava ouvindo: ‘como a sua cintura é fina’, ‘fico olhando a sua bundinha e imaginando seu peitinho’, ‘você nunca vai dar para mim?’", escreveu.

Além das investidas verbais, os episódios incluíram também contato físico sem consentimento. De acordo com a figurinista, Mayer chegou a colocar a mão esquerda na genitália dela. "Sim, ele colocou a mão na minha buceta e ainda disse que era um desejo antigo", contou. A situação foi presenciada por outras duas mulheres, que, segundo ela, não ficaram constrangidas e "chegaram a rir da piada".

Ela finaliza a carta enfatizando a importância de se tratar o assunto com seriedade. “Falo em meu nome e acuso o nome dele para que fique claro, que não haja dúvidas. Para que não seja mais fofoca. Que entendam que é abusivo, é antigo, não é brincadeira, é coronelismo, é machismo, é errado. É crime.”

Veja também

Zé Mayer 4737799005710418101

Busque aqui

Destaques

[x]

item