Delegada diz que Marcos pode ser condenado a até 3 anos de prisão


Por: Redação, 12/04/2017, 18h54
Expulso do BBB17 por comportamento agressivo durante briga com Emilly Araújo, o cirurgião plástico Marcos Harter, se condenado, pode pegar de um a três anos de prisão.

A afirmação é da delegada Marcia Noeli Barreto, diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher do Rio de Janeiro. “É uma pena de prisão. Não tem essa de condenação alternativa, como era no passado. Pela Lei Maria da Penha, o Juizado Especial de Atendimento à Mulher deve ter uma equipe para atender os homens também com tratamento psicológico, por exemplo. É importante que eles se tratem. Mas isso não o afasta da penalidade”, explicou em entrevista ao jornal “Extra”.

O médico foi intimado a depor na quarta-feira (12) na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá. Emily também será ouvida, mas na próxima segunda-feira (17). “É muito importante o depoimento dela. E também o resultado do laudo médico”, contou. Emilly, inclusive, já passou por um exame clínico feito por médico da emissora.

A delegada comentou também a reação da gaúcha que, ao saber do motivo da expulsão de Marcos, ficou arrasada e disse se sentir culpada pela situação. “É próprio da mulher vitima de violência. Ela não consegue perceber o quanto está dentro dessa situação. Por isso que denunciar é importante para interromper esse ciclo. Ela não tem culpa de nada. É importante saber que o público tenha percebido a questão de violência doméstica e como ele se dá nos ambientes”, concluiu.

Leia mais

Tecnologia do Blogger.