Recentes

Tecnologia do Blogger.

Paulo Henrique Amorim acusa Globo e Lava Jato por chacina de Campinas

terça-feira, 3 de janeiro de 2017
Paulo Henrique Amorim
Por: Redação, 03/01/2017, 08h48
Paulo Henrique Amorim, apresentador do "Domingo Espetacular", da RecordTV, novamente surtou.

Creia! Através de um vídeo publicado em seu site, o jornalista acusa a Globo e a Lava Jato como responsáveis pela chacina que ceifou a vida de 12 pessoas em Campinas, no interior de São Paulo, no Réveillon.

Antes de ler a carta deixada pelo assassino Sidnei Araújo, que se matou após atirar em toda a família da ex-mulher, PHA dispara: "A Globo e a Lava Jato são os terroristas de Campinas".

Em seguida, o jornalista cita um trecho da carta que menciona, num tom crítico, o "sistema feminista", o ministro Lewandowski e os políticos brasileiros.

"Essa carta contém algum dos elementos centrais do discurso do ódio, da lógica do ódio. Essa lógica é a lógica da Globo e dos heróis da Lava Jato. A lógica que a Globo e a Lava Jato instalaram no Brasil. É o discurso dos múltiplos ódios, o ódio à política, o ódio à Dilma, o ódio às mulheres, o ódio à Lei Maria da Penha, o ódio ao Lewandowski (ministro do STF), que não julga de acordo com o ódio", atacou.

PHA ainda justificou os atos do assassino: "Esse homem de Campinas não era um louco. Era um produto de sua época, porque a Globo e a Lava Jato odeiam o Brasil. A Globo e a Lava Jato são os nossos terroristas do fim do ano".

Veja o vídeo:


Veja também:
OAB detona Rodrigo Bocardi após comentário no "Bom Dia São Paulo"

Recomendamos para você