Recentes

Tecnologia do Blogger.

Funcionário que prestava serviço para o SBT é morto a tiros

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017
Sampier George
Por: Redação, 26/01/2017, 11h01
Na madrugada desta quarta-feira (25), um funcionário do SBT foi assassinado na Zona Norte do Rio de Janeiro. O assistente de câmera Sampier George, conhecido como Cajá, foi morto a tiros na porta de sua casa, no bairro de Jardim América.

Segundo o site NaTelinha, Cajá foi alvejado com pelo menos cinco tiros disparados por dois homens em uma moto, enquanto ele estava dentro de seu carro, um Fiat Fiorino branco, na porta de casa.

Uma viatura médica foi chamada, mas Cajá acabou não resistindo aos ferimentos, morrendo no local. Ainda não se sabe o motivo do crime.

A filial do SBT no Rio, informou que Cajá não fazia parte do quadro fixo de funcionários da emissora, mas que ele prestou serviço por várias vezes como freelancer. A vítima também era contratado terceirizado da TV Alerj, canal da Assembléia Legislativa do Rio.

Em tempo
1. Ainda de acordo com a publicação, há alguns anos, o assistente de câmera chegou a vender drogas na localidade, conhecida como Vila Esperança. 

Nos últimos tempos, porém, tinha se regenerado e mudado de vida. Há alguns meses, após fazer um curso técnico, Cajá passou a trabalhar no SBT Rio de Janeiro.

2. É o segundo ato de violência que contratados do SBT Rio sofrem, num intervalo de menos de dez dias. No último dia 16, a equipe de reportagem da madrugada da emissora foi assaltada na Zona Oeste do Rio, onde tiveram seus pertences roubados.

Recomendamos para você