[slider]

Emissora defende presidente e o coloca como vítima. Veja o vídeo:[combine]

Destaques[three](3)

Notícias da TV[two]

Injustiça[oneleft]

Nostalgia[oneright]

Já leu?[three](3)

+ Detonadas[two]

Veja também[oneleft]

Especial[oneright]

O retorno da grade voadora na emissora de Silvio Santos

Por: Luan Costa e Silva, 08/01/2017, 22h41 O público perseverante que ainda insiste no SBT tem acompanhado, nos últimos tempos, as loucu...

Por: Luan Costa e Silva, 08/01/2017, 22h41
O público perseverante que ainda insiste no SBT tem acompanhado, nos últimos tempos, as loucuras promovidas por Silvio Santos na grade de programação. As recentes mudanças no início de 2017 não se tratam de novidades, elas são, na verdade, o prelúdio da grade voadora.

É importante lembrar que entre 2002 a 2007, o SBT, a mando do sócio majoritário, aderiu à grade voadora. Programas eram trocados de horário a torto e a direito, enquanto outros eram limados do ar sem a menor cerimônia. Foi neste período que a emissora de Silvio Santos perdeu para os bispos a vice-liderança de audiência na Grande São Paulo e também o segundo lugar em faturamento.

A partir de 2008, Silvio deixou de comandar a programação com mãos de ferro. A política da emissora mudou e o discurso de uma grade com estabilidade e sólida surgiu. Daniela Beyruti foi a responsável por adotar essa linha e fazer com que aquela montanha russa terminasse. Ou ao menos, desse uma trégua. Desde então, mudanças bruscas na grade do SBT perderam tamanha intensidade como naqueles anos de algazarra.

Mas, não satisfeito com o atual rendimento dos programas da casa, Silvio voltou a dar as ordens e fazer alterações na grade de programação do SBT. Segundo o jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o patrão deve fazer a grade do canal voar novamente. Para alavancar audiência, ele promoverá mudanças radicais nos programas da emissora.

Será que a grade voadora voltará implacável, como naquela época que significou a derrocada do SBT? O fato de Silvio ser o dono, justifica fazer o que quer e de qualquer jeito? 

Se, ao menos, mudanças na grade fossem acompanhadas de estudos, real investimento, novos produtos e variedade, seria aceitável. No entanto, por economia, o dono apenas troca programas de lugar, reprisa, encurta, estica e leva outros à extinção. Quando o SBT lança uma novidade, é pouco em comparação a tantas velharias e bagunça que há na programação.

Como empresário, comunicador e apresentador de TV, Silvio Santos é mito. Por outro lado, quando ele resolve dirigir a programação do SBT... sem comentários.

Veja também

Sbt 1809915728765988329

Busque aqui

Destaques

[x]

item