Programação infantil na TV aberta é escassa e o que resta é ultrapassado

Silvia Abravanel comanda o "Bom Dia & Cia"
Por: Luan Costa e Silva, 28/12/2016, 11h05
Com a proliferação de canais infantis na TV fechada e adotando novos padrões de programação, o espaço dedicado à criançada foi quase extinto nas principais emissoras da TV aberta.

O quadro atual é totalmente diferente do que víamos nas décadas de 90 e anos 2000, quando programas infantis de todo tipo dominavam as manhãs da televisão brasileira.

A programação infantil só não foi extinta por conta da insistência, dependência e acomodação do SBT. O canal de Silvio Santos é a única emissora, dentre as gigantes, que ainda mantém diariamente programas infantis na grade. Este ano, o canal chegou a exibir 8 horas sequenciais de programação infantil desde o início da manhã. Atualmente, com a entrada de outros programas, o SBT mantém cerca de 5 horas do gênero no horário matutino.

Que o SBT vive de infantilidades, não há mais o que se discutir. Se a emissora pretende insistir no gênero, que insista, mas que reformule ou inove o jeito de fazer. É lamentável que o tradicional "Bom Dia & Cia" continue do mesmo jeito há quase... 22 anos? Combinemos... é tudo tão ultrapassado.

O cenário é pobre e de aspecto velho; a disputa e os games já estão bem ultrapassados e os desenhos animados são repetitivos. Silvia Abravanel, a maior reformulação em décadas, daquele tamanhão, já não convence mais como a terna mãezona e apresentadora de programa infantil. Esqueceram do HD?

Se vacilar, até o público infantil não suporta mais o "Bom Dia & Cia" e demais atrações do gênero no SBT. A criançada só os vêem, talvez, por falta de alternativa.
Tecnologia do Blogger.