Além de irritar, propaganda subliminar do SBT é sem noção


Por: Guilherme Diniz, 10/12/2016, 14h55
Existem bizarrices que só acontecem no SBT, canal de Silvio Santos. Na coleção das palhaçadas promovidas pelo dono do Baú estão as famosas e irritantes propagandas subliminares de produtos do Grupo Silvio Santos.

Quando o telespectador menos espera, aparece uma imagem ou mensagem de menos de um segundo, interrompendo o programa que está sendo exibido. É revoltante! Ninguém sabe quando a propaganda apontará na tela.

Já foram usados logomarca da Jequiti e frascos de perfume. Às vezes, de tão rápido, nem se podia identificar qual produto aparecia na tela.

Para completar a bizarrice, o SBT coloca as propagandas subliminares até em programa infantil. Neste sábado (10), por exemplo, me surpreendi quando uma imagem invadiu o "Mundo Disney" na hora do desenho de Mickey Mouse. Nela dizia "3 milhões em dezembro".

Veja também:
SBT retarda a mente dos adultos

A vagabunda propaganda lembrava do sorteio da Tele Sena. Agora veja: que interesse uma criança teria em se deparar com uma imagem dessas? Pedir para os pais um título de capitalização como presente de Natal? SBT é muito sem noção.

Enquanto esta prática é proibida em outros países, por aqui, o Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), desde 2012, deixa Silvio Santos deitar e rolar, no maior desrespeito com telespectador e consumidor.


Leia mais

Tecnologia do Blogger.