Jornalismo baixo da Record espanta mais um artista

Por: Guilherme Diniz, 02/11/2016, 15h49
Ivete Sangalo
Depois que Luan Santana cortou relações com a Record, por conta da língua depreciativa e às vezes difamatória de Fabíola Reipert, foi a vez de Ivete Sangalo fechar a cara para a emissora do bispos.

Já faz um tempo que Ivete estaria chateada com a Record. De acordo com a coluna "F5", do jornal "Folha de S. Paulo", a cantora ligou para Xuxa, sua amiga de longa data e contratada da casa, explicando o porquê deixou de participar dos programas da emissora. Motivo? A Record entrevistou Jesus Sangalo, irmão dela, sobre uma briga que tiveram na Justiça.

Jesus Sangalo, em entrevista à Record
Em entrevista ao "Câmera Record", exibida no dia 30 de junho deste ano, pela primeira vez, o irmão de Ivete falou a uma emissora de TV sobre o rompimento com a cantora. Ele foi afastado do comando da Caco de Telha, empresa que gerencia a carreira da estrela do axé desde 2011. Na época, houve fortes rumores que ele havia deixado o cargo após ser acusado de desvio de dinheiro.

Na reportagem, ele se defendeu e fez um desabafo por ter sido demitido pela irmã: "Se qualquer pessoa entrar na web, vai encontrar que eu dei um desfalque de alguns milhões reais na empresa que eu era o presidente. E eu não dei". E completou: "Isto me prejudicou absurdamente. Não só profissionalmente, como psicologicamente. Foi terrível pra mim. Terrível!".

Jesus reclamou ainda que Ivete não o defendeu das acusações: "Existe um poder no microfone que é muito legal para sanar e acabar com dúvidas. Talvez este poder não tenha sido usado".

Bom... mas porque a Record daria destaque a um assunto velho e batido, após anos? Simples. Falta de pautas, sensacionalismo e exploração de polêmicas e vida pessoal de artistas. Típicas características do jornalismo porco da emissora. 

É importante lembrar que Ivete é figura constante na Globo. Na emissora carioca, a cantora já apresentou programas, participou de novela e, atualmente, é jurada fixa do "The Voice Kids" e estreará como supertécnica na versão adulta do reality musical. 

Entrevistar o irmão dela e desenterrar uma polêmica do tipo e assim, sem mais nem menos, não seria uma forma de atacar uma artista quase global? A Record tem esse defeito e também é conhecida por retaliar quem lhe diz "não". 

A atitude de Ivete, de boicotar a Record, seria uma reação natural de qualquer artista de peso que não depende da emissora, afinal, o teor e tom da reportagem em questão arranhou a imagem dela na época.

É pouco pra Record. Jornalismo baixo dá nisso. Quem será o próximo a deixar o canal chupando dedo?
Tecnologia do Blogger.