Com Ana Hickmann, Porchat teve uma das piores edições da temporada

Por: Luan Costa e Silva, 01/11/2016
Ana Hickmann e Porchart
Ao assistir a edição do "Programa do Porchat" na madrugada desta terça-feira (01), quase peguei no sono. Primeiro, por culpa dos recursos da atração que estão pra lá de sem graça. Segundo, pela convidada da noite. Já deu pra saber quem é, né?!

Na abertura, Porchat deu início a um game em que a plateia teria que acertar se as duplas formadas por um homem e mulher era amigos ou casal. Fundo do poço. A cada mostra, o apresentador não tinha mais o que dizer na tentativa de arrancar algum riso da plateia. Não somente o Porchat estava constrangido por ter que comandar aquela idiotice, eu também, por estar vendo aquilo.

Na sequência, Porchat anuncia a entrada de "uma das maiores apresentadoras do país", Ana Hickmann. Esta foi, sem dúvidas, a maior piada da noite. Ri horrores. Porchat falsiane.

Ao longo da cansativa conversa com a modelo, o humorista teve que escutar, limitando sua graça, quase toda a trajetória e ascensão profissional de Ana. Ô tédio. Para quebrar o protocolo de dondoca, a bela até disparou uma "po#@%". Em outro momento sem graça, olhando para o telão, Ana tinha que acertar se as modelos que apareciam nos vídeos retirados do YouTube cairiam ou não enquanto desfilavam.

Voltando ao papo chato num tom de seriedade, para acabar de piorar a edição, Ana começa a falar sobre o atentado que sofreu em Belo Horizonte em maio deste ano, quando um fã enlouquecido invadiu o hotel onde ela estava hospedada, sendo morto pelo cunhado dela. De novo esse assunto? Ela não cansa de repetir as mesmas coisas? Ana não parece estar traumatizada.

Daí, Ana, tentando ser simpática, a convite do Porchat e para não fazer desfeita, sobe num touro mecânico, demora pouco e cai. Acabou o programa. Um dos piores desta temporada.


Tecnologia do Blogger.