Através da assessoria, Alexandre Borges nega novo vídeo com travesti

Alexandre Borges

Por: Redação, 11/10/2016, 17h44
Na última terça-feira (11), um novo vídeo supostamente envolvendo o ator Alexandre Borges acabou caindo nas redes sociais.

Nas imagens, aparece um homem ajoelhado, que, segundo internautas seria o ator global, fazendo sexo oral na travesti nua. O vídeo, que dura pouco menos de trinta segundos, exibe a cena de sexo explicitamente.

O nome de Alexandre Borges foi parar no trendings topics do Twitter e o público reagiu massivamente, com comentários e memes. Em apenas alguns minutos, ele chegou ao assunto mais comentado do Brasil.

Entretanto, as imagens não são claras e o rosto dos envolvidos não estão nítidos. Sobre o vídeo, através de sua assessoria de imprensa, o galã tratou de negar o boato.”O Alexandre não participa do vídeo íntimo divulgado nas redes recentemente”, disse ao jornal “Agora S. Paulo”.
E concluiu: “A pessoa que aparece nas imagens tem características que são facilmente distinguidas através de uma análise dos frames do material”.
Em tempo:
Em setembro, o ator também teve um momento íntimo vazado. Um vídeo em que ele aparece com duas mulheres, que seriam transexuais, caiu e se multiplicou na internet. Alexandre Borges, a princípio, manteve silêncio. Porém, o ator mudou de ideia e falou ao jornal "Extra", do Rio, sobre as cenas replicadas nas redes sociais.

“Devido ao vídeo feito sem meu conhecimento e divulgado na internet indevidamente, me vejo forçado a esclarecer alguns pontos que, a meu ver, foram distorcidos e ampliados. Foi um encontro casual com três pessoas depois de uma festa”, disse. “Não existiu nenhum tipo de relação sexual, orgia e consumo de cocaína com as pessoas envolvidas.”

Borges também falou sobre a identidade sexual de suas companhias no vídeo, assim como da própria. “Não tenho nenhum preconceito com gênero ou opção sexual de cada um. Mas minhas opções são claras para mim”, afirmou ele, que disse ter se tratado de um encontro curto. “Quando percebi que não queria mais continuar, encerrei.”


Tecnologia do Blogger.