"The Voice Brasil" está desgastado, deve trocar os jurados?

Por: Luan Costa e Silva, 24/10/2016, 12h24
Cláudia Leitte
A quinta temporada do "The Voice Brasil", que estreou no último dia 05 de outubro, na Globo, trouxe algumas queixas do público e da crítica de que o time de jurados deve ser trocado porque ninguém suporta mais as mesmas caras e bocas e frases prontas dos ocupantes das cadeiras.

O sucesso de um reality do tipo é consequência da fusão entre participantes de peso e bom desempenho dos jurados. Analisando os números de audiência, é fácil perceber se o "The Voice" realmente tem sofrido desgaste e rejeição por parte do público.

Esta nova temporada da competição musical da Globo chegou arrasando nos números do Ibope e já supera a do ano passado em audiência. Nos três primeiros programas, a média é de 23 pontos na Grande São Paulo. O reality teve um crescimento de três pontos.

Se Cláudia Leitte e sua animação incansável de cheerleader, somada a sua tentativa de chamar atenção a qualquer custo, estivesse realmente cansando o público fiel, a audiência já teria reagido. O mesmo se dá com o insuportável "ajayô" e levantadas desnecessárias de Carlinhos Brown e o sonífero exalado por Michel Teló.

Enquanto estiver rendendo, raramente a Globo promoverá uma dança das cadeiras e reformulações no formato original, se é que, na segunda alternativa, o contrato permitirá. No mais, não se mexe em time que está ganhando.

Tecnologia do Blogger.