O "Vídeo Show" deve sair do ar?

Por: Guiga Bates, 14/10/2016, 20h19

O que a Globo não admite é ter um de seus programas fora da liderança do Ibope. Quando o produto não emplaca e segue fracassando, a emissora não tira logo do ar, como fazem na concorrência. Primeiro insiste e depois reformula. Quando não tem jeito, o jeito é dar um fim.

Com o "Vídeo Show", no ar desde março de 1983, a Globo já tentou de tudo e parece não saber mais o que fazer para alavancá-lo diante da pior fase da história do programa.

Depois que o "Balanço Geral SP", da Record, estourou com o quadro "Hora da Venenosa" com a Fabíola Reipert, a emissora carioca não teve mais sossego no Ibope. Virou rotina o "Vídeo Show" amargar a vice-liderança. Ultimamente, a atração tem visitado até a terceira colocação.

Rejeição e mudanças de apresentadores, troca de cenário, inúmeras reformulações de quadros e até apelações não conseguiram salvar o vespertino. No entanto, a extinção parece estar um pouco longe.

A direção da Globo não descarta a possibilidade de o "Vídeo Show" deixar de ser diário e virar semanal, com a exibição aos sábados pela manhã.

Caso a mudança aconteça, o programa "É de Casa", por exemplo, passaria a ser diário, ocupando o lugar do "Encontro com Fátima Bernardes", que substituiria o "Vídeo Show" no início da tarde.

Seria a solução ou o "Vídeo Show", apesar de toda sua importância na grade da Globo, já deveria ter saído do ar?


Tecnologia do Blogger.