“O Apocalipse”: novela "crente" com cara de "Os Mutantes"

Guilherme Winter, em "Os Dez Mandamentos"
Por: Guilherme Diniz, 10/10/2016, 10h30
A Record parece estar preocupada com o futuro do explorado filão bíblico em sua teledramaturgia. Não é para menos. Já está insuportável aquela pregação de fé e devoção no horário nobre.

Atualmente, a emissora exibe "A Terra Prometida", que até agora não alcançou tamanha repercussão e avassaladora audiência como em "Os Dez Mandamentos" (2015).

Segundo a coluna da jornalista Patrícia Kogut, a emissora planeja fazer diferente em “O Apocalipse”, novela da fraquíssima Vivian de Oliveira, que substituirá “O Rico e Lázaro” no segundo semestre de 2017.

“O Apocalipse” será baseada na Bíblia, mas ambientada nos dias atuais. É para louvar de pé! Pelo menos assim, o público não teria a impressão de que está sempre assistindo a mesma novela.

A nova trama de Vivian de Oliveira, mesma autora de "Mandamentos", trará a temática do “fim do mundo”, “a vinda de Jesus”, “a marca da besta”, “a número 666” e todos os acontecimentos de tragédias mundiais descritos no último livro da Bíblia. Essa sim poderá ser considerada uma novela "crente".

Ainda, a novela será carregada de efeitos especiais e, já que se passará nos dias atuais, virá com cara de "Os Mutantes", aquela novelinha ridícula sem pé nem cabeça que os bispos produziram em 2008.

Já podemos imaginar o fuzuê que a Record promoverá. Alexandre Avancini, que também dirigiu "Os Mutantes", a turma de Moisés e que comanda a atual de Josué, será responsável pelos trabalhos de “O Apocalipse”.

Se Vivian de Oliveira e Avancini não conseguiram dar conta e desenvolver com maestria uma história tão simples como aquela dos hebreus, o que acham que eles farão com o complexo livro do Apocalipse?

Tecnologia do Blogger.