Artistas são torturados e explorados no "Hora do Faro"

Zé Felipe e Rodrigo Faro na edição
deste domingo (09)
Por: Guilherme Diniz, 09/10/2016, 18h19
Artista que bomba na mídia geralmente passa por diversos programas de TV para divulgar novos trabalhos, se promover e embolsar um belo cachê.

Deve ser torturante para eles ter que dar uma passadinha no "Hora do Faro", da Record. Pintando o convite, eles já sabem o que vão encontrar por lá. Só desgraça e tortura emocional. Antes de entrar no palco, devem até tomar um calmante ou antidepressivo.

Por ser umas das maiores audiências da Record aos domingos, cantores em evidência se obrigam e se submetam a participar do show apelativo do Rodrigo Faro.

Nesta última edição (09), o sofredor da vez foi o Zé Felipe, sertanejo em ascensão, que teve de aguentar uma daquelas histórias tristes e exageradas que só o Faro é capaz de contar na televisão. O filho do cantor Leonardo, a mando do programa, precisou acompanhar toda a história deprimente de Débora, que "aos 19 anos largou tudo para cuidar da família". A moça também é fã do cantor. 

Na semana passada, além de ajudar uma aspirante cantora que tinha sido violentada sexualmente, o cantor Gusttavo Lima também foi explorado. O sertanejo relatou a Rodrigo Faro que passou fome e morou debaixo de uma árvore.

Uma semana antes de Gusttavo, Luan Santana também foi alugado durante quase todo o programa. O cantor se entediou com a história da vó e neta que sonhavam em conhecê-lo. Na edição do dia 18, Ludmilla passou pelo mesmo teste de fé. A funkeira conheceu e realizou o sonho de Wanessa, que chegou a São Paulo com apenas 300 reais para tentar ser cantora.

Enquanto os artistas se mostram cansados e saturados no vídeo durante as longas gravações do programa, o único que aparece contente é o Rodrigo Faro. O cara não se toca.

Aproveite e curta nossa fanpage no Facebook





Tecnologia do Blogger.