Após polêmica, Paulo Zulu foi se explicar no "Gugu"

Por: Luan Costa e Silva, 13/10/2016, 16h20
Paulo Zulu em entrevista à repórter Thatiana Brasil (Foto: Record/Reprodução)
No último dia 11 de setembro, o Brasil e o mundo conheceu a terceira perna de Paulo Zulu. Um nude do modelo completamente nu em frente ao espelho foi publicado em seu perfil no Instagram e viralizou entre os usuários das redes sociais, gerando todo tipo de piada e elogios.

No início do escândalo, Zulu jurou de três pés juntos que sua conta teria sido hackeada e chegou a procurar uma delegacia. Depois, o ator admitiu ter feito a postagem num ato de descuido.

Ao saber do real motivo de como a foto foi parar no perfil, Zulu foi acusado pelos internautas de ter usado o nude para chamar a atenção da mídia. E, adivinha onde ele foi se explicar? No programa "Gugu". Nada contra, mas esse programeco da Record só entrevista famoso e subs que estão sumidos ou que se envolveram em polêmicas nos últimos tempos.

Na edição desta quarta-feira (12), Paulo Zulu apareceu numa entrevista exclusiva à repórter Thatiana Brasil, declarando como se sentiu após ter a imagem publicada e "abriu o jogo".

"Eu fiquei tão mal, que achei que não iria voltar. Eu chorava muito, não conseguia comer, não conseguia dormir, não conseguia beber água, não conseguia fazer nada. Entrei em depressão", afirmou.

"Após o acontecido, fiquei muito mal e com muita vergonha, pois sou muito conservador e sempre gostei de ser discreto. Fui na delegacia especializada em crimes virtuais no Rio de Janeiro, e após conversar com a delegada e um perito, cheguei à conclusão que havia a hipótese de eu mesmo por engano ou vacilo, ter sem querer postado. Meu mundo acabou de cair, pois se fosse certo de uma invasão, não tem o que fazer. Sei que muitos pensam em promoção, voltar pra mídia, se mostrar, mandar direct, na real, não tem nada disso", esclareceu.

Curioso é que a entrevista se deu num curto espaço de tempo após o vazamento. Para uma pessoa que disse estar muito abalada e depressiva... sensato seria não botar a cara no sol, descansar a imagem dele e do pinto, deixando a poeira baixar.
Foto: Record/Reprodução)
Tecnologia do Blogger.