"Emissora de Deus" exibe novela do jeito que o Diabo gosta

Por: Guilherme Diniz, 21/09/2016, 09h32
Cenas picantes em "Vidas em Jogo"
No final de agosto, o Supremo Tribunal Federal derrubou a vinculação da classificação indicativa a horários de exibição de programas na TV. Era o que a Record, a emissora de Deus, aquela da família brasileira, precisava para deixar sua novela da tarde do jeito que o Diabo gosta.

Nesta semana, a emissora dos bispos liberou geral cenas de sexo e violência na reprise da novela da tarde. Há alguns dias, cenas fortes era proibidas no horário.

Na reestreia de "Vidas em Jogo", às 15h45, na última segunda-feira (19), além dos palavrões e violência verbal, criminosos dispararam tiros de metralhadoras. Depois, um personagem foi espancado por bandidos.

E não para por aí, ontem (20), aconteceu outro espancamento brutal num aeroporto, com direito a cena de atropelamento premeditado no final. Neste mesmo capítulo, duas sequências de cunho sexual tomaram conta da novela.

Se a classificação Indicativa estivesse valendo, estes capítulos de "Vidas em Jogo" seriam picotados. Com a liberação, a emissora exibiu tudo, sem cortes como originalmente em 2012.

Vale lembrar que esses tipos de cenas, quando em vigor a Classificação Indicativa, só poderiam ser exibidas após às 20h. Agora as emissoras só precisam alertar o telespectador do tipo de conteúdo que será levado ao ar. E maneirar a mão, é claro.

Ok! O STF liberou, porém, é meio estranho esse tipo de conteúdo ser exibido numa emissora que paga de crente e exemplar, que vive a evangelizar através de novelas bíblicas, que até se incomoda com os palavrões do Fábio Porchat e que tem bispos que apontam o dedo em direção às produções imorais da Globo. 

HI-PÓ-CRI-TAS!!!

Aproveite e curta nossa fanpage no Facebook
Tecnologia do Blogger.