Programa da Eliana deixará de ser ao vivo, tem como piorar?

Eliana
Por: Guiga Bates, 14/09/2016, 16h43
Estão com os dias contados as edições ao vivo do programa "Eliana". Ah! Seria tão bom se a notícia tratasse da extinção do dominical.

De acordo com o jornalista José Armando Vannucci, a partir de outubro, o programa voltará a ser gravado durante a semana.

Se ao vivo é um verdadeiro pé no saco, gravado, dois pés no saco, de aleijar. Às vezes, como telespectador, me confundo se a edição é gravada ou vivo, já que a apresentadora se mostra tão engessada e bem posicionadinha no palco, além da monotonia constante durante aquelas 4 horas intermináveis de pouco conteúdo.

Segundo a publicação do Vannucci, estudos apontaram que a transmissão ao vivo não alterou a audiência da atração de "Eliana". Ainda, a direção do SBT e os responsáveis chegaram à conclusão que o esquema de gravação contribuirá para uma nova dinâmica e possibilitará a participação de muitos artistas que aos domingos estão em suas turnês longe de São Paulo. 

Realmente, o programa tá precisando de dinâmica, ultimamente tá tão parado. Sobre esses muitos artistas, incluem os de sempre, sertanejos, pagodeiros e funkeiros? 

O SBT também está de olho no concorrente "Hora do Faro". A ideia é manter a mesma estratégia de saída de blocos para alinhar os comerciais contra o adversário de Eliana, que também é gravado. Neste embate, difícil saber qual é o pior. Os intervalos dos dois programas deveriam ser eternos.

Por que o SBT insiste tanto no formato de auditório para Eliana? O palco e plateia são inúteis. As externas do programa, geralmente duas, duram até 1 hora cada uma. Manda logo essa mulher pra rua de uma vez por todas! Na rua, Eliana convence mais.
Tecnologia do Blogger.