Público do SBT vê crescimento de crianças em tempo real

Por: Luan Costa e Silva, 07/09/2016, 21h57
Larissa Manoela, protagonista de "Cúmplices de Um Resgate"

O SBT deve ser a única emissora de TV do mundo que proporciona ao seu público acompanhar o crescimento de suas crianças em tempo real.

O canal investe e depende tanto de suas estrelas mirins a ponto de não dar descanso à imagem delas. Geralmente, numa emissora "normal", os atores, de crianças a adultos, repousam a imagem por um período razoável logo após um trabalho de destaque para poderem emendarem o próximo.

No SBT acontece o contrário. Além de explorar ininterruptamente a imagem das crianças, em especial no caso das intermináveis novelas infanto-juvenis, a emissora as empurra e reaproveita em tudo quanto é programa enquanto ainda estão em evidência. Após o término de uma novela, lá estão elas pulando de galho em galho, sem descanso.

Com tanta exposição e desgaste, o público não perde nenhuma etapa do crescimento delas. Quem acompanhou "Chiquititas" (2013-2015), remake de 545 capítulos e 15.440 páginas de texto, que ultrapassou absurdos dois anos no ar, pôde notar a passagem da infância para adolescência de vários atores.

Na atual "Cúmplices de Um Resgate" também é notável que a fisionomia de alguns atores mirins apresentam grande diferença desde o lançamento. A novela estreou em agosto de 2015 e só findará em novembro deste ano.

Numa novela considerada "normal", com até seis meses de duração, é muito difícil perceber as mudanças físicas das crianças. Já nas produções do SBT, você presencia o nascimento da primeira espinha ao primeiro fio da barba e olhe lá!

Aproveite e curta nossa fanpage no Facebook
Tecnologia do Blogger.