Após estreia forçada e sem graça, "Adnight" mostra a que veio

Por: Guiga Bates, 09/09/2016, 10h11
Edição desta quinta (08) do "Adnight"
No primeiro episódio de estreia do novo programa de Marcelo Adnet, o público fechou a cara. Ao receber o narrador Galvão Bueno, o "Adnight", totalmente forçado, sem graça e confuso, acabou espantando o telespectador ansioso.

Completando três semanas no ar, Marcelo Adnet e sua equipe conseguiram avaliar os problemas e contornar a rejeição inicial do público.

Os ajustes foram notados já na segunda edição do programa (01), quando Adnet recebeu Cauã Raymond e Rodrigo Simas. A cara da atração e reação dos internautas mudaram para melhor.

Sem a necessidade de muitos apetrechos, o late show global assumiu de vez o formato e enfim tem proporcionado bom entretenimento. No comando do programa, Marcelo Adnet se destaca. Como sempre, é versátil. Um faz de tudo.

Na edição desta quinta-feira (08), o apresentador abriu a atração tirando sarro da "suposta" liberdade que tem na Globo ao se confrontar com as ordens do ponto eletrônico. "Viva a MTV, viva o Porchat, viva o Gentili", disparou até ser interrompido pelo "Senhor Globo".

Ainda nesta edição, Adnet recebeu Mariana Ximenes, protagonista de "Haja Coração" e estrela da nova série de terror, "SuperMax". Ao entrevistar, Adnet se mostra bem à vontade e deixa o convidado na mesma situação.

O controverso humorista Eduardo Sterblitch, ex-Pânico e novo contratado da Globo para o "Amor & Sexo", arrancou gargalhadas no embate com Adnet quando incorporaram o Fred Mercury Prateado, personagem de Sterblitch.

Para completar e deixar o pacote mais divertido, Dani Calabresa, esposa do apresentador, juntou-se aos outros convidados para jogar o "Verdade ou Consequência". Um dos melhores momentos da edição.

De olho nas críticas e ajustando o programa a tempo, Marcelo Adnet reverteu o fracasso anunciado. Para alívio da Globo, o "Adnight" engrenou e mostrou a que veio.

Aproveite e curta nossa fanpage no Facebook
Tecnologia do Blogger.