Para erguer audiência, João Kléber se transforma em Beyoncé + Drops

Por: Guiga Bates, 01/08/2016, 00h58
João Kléber se transformou na cantora Beyoncé na edição deste domingo (31)
Após dois meses sem sucesso com calouros níveis e alcançando audiência insatisfatória para os padrões da RedeTV!, o "João Kléber Show" resolveu se entregar ao que o seu público adora. Vídeos da internet, imitações (como fazia o Rodrigo Faro no extinto "Dança Gatinho"), bizarrices e pegadinhas aos poucos estão surtindo efeito.

Tava na cara que o formato todo certinho não iria pra frente. O povo quer baixaria e besteirol. 

Dentre as câmeras escondidas, tem aquelas de extremo mau gosto. Acredita que resolveram armar para usuários de banheiros, enquanto os coitados estavam no meio de suas necessidades fisiológicas? Uma câmera foi instalada no cubículo, lógico. 

Imagine o desespero e constrangimento das pessoas! Fazer o número dois e, de repente, alguém no compartimento ao lado te assustando ou um guindaste içando um banheiro químico com a criatura presa lá dentro. Nem tempo de se limpar a pessoa tem. Que nojo! Pelo menos, não pareceu ser algo armado entre os envolvidos.

Intragável é o João rindo das pegadinhas e obrigando a plateia a disparar gargalhadas. "Quero ver todo mundo rindo", repetiu trocentas vezes. Fora isso, o programa entrega alguns momentos divertidos.

Ontem (31)...

Domingo Nordestino ou Encontro com Geraldo
Dos dois, um! É como deveria se chamar o dominical de Geraldo Luís, na Record. O que seria do programa sem as figuras nordestinas e pessoas à procura de um parente longínquo? Semana após semana, o telespectador vê a mesma coisa. Além deste ciclo vicioso, alguém que tem voz parecida a de um cantor famoso ou criança dotada é presença garantida.


2 Pautas do Faro
Conforme apontamos num post da semana passada, o "Hora do Faro" está uma merda mesmo! O programa novamente martelou duas pautas durante suas quatro horas de exibição. Lamentável.

Desnecessário
Fez vergonha o papelão promovido por Celso Portiolli no "Domingo Legal", do SBT. Para receber Ana Karolina Lannes, "ex-Avenida Brasil", precisaram fazer o maior sensacionalismo com o peso da menina de 16 anos.

Super sincero
"Vocês viram a calça da equipe da Globo nos Jogos Olímpicos? Não deram pra mim. Eu quero também. Roubaram dos carteiros", disse Faustão, referindo-se ao uniforme dado a equipe da Globo para a cobertura dos Jogos Olímpicos da Rio 2016.

Não é o fim do mundo
O público curtiu o buraco negro que surgia quando o "Fantástico" entrava nos intervalos comerciais direto do Estúdio Olímpico da Globo na Rio 2016. Ficou show o efeito gráfico.


Trogloditas
O "Pânico na Band" agora enche o saco exibindo uma competição entre dois fortões. Desta vez, cada um tentou mover dois ônibus com a força do corpo. Fora isso, o "Bate ou Regaça" investe num duelo de violência e humilhação gratuita entre uns sem juízo. Em relação ao último, a juventude agradece.

Ainda... Gustavo Barile e Kleber Bambam saíram no braço ao vivo no palco do programa, numa quebra de braço. O programa virou o quê?


Larissa Manoela
Na edição do "Conexão Repórter", o SBT arrumou um jeito de inserir a protagonista de "Cúmplices de Um Resgate" e também a temática da novela na segunda parte da reportagem de Roberto Cabrini intitulada "Vida e Morte no Concreto de Gelo". Uma menina pobre foi até os estúdios da emissora para conhecer Larissa Manoela e acompanhar as gravações da novela.

Aproveite e curta nossa fanpage no Facebook
Tecnologia do Blogger.