Leão Lobo, Mamma e Silvio Santos também deveriam pôr um saco na cabeça

Por: Guiga Bates, 01/08/2016, 15h57

Nesta segunda- feira (01), o SBT estreou o "Fofocando", nova atração vespertina nascida do principal concorrente, o "Hora da Venenosa", quadro do "Balanço Geral", da Record.

O programa com duração de um pouco mais de 45 minutos (graças a Deus!) tem o jornalista Leão Lobo no comando, ainda tímido, segurando seu rugido e malícia, e Mamma Bruschetta (Luiz Henrique), sem qualquer finalidade, como pinguim de geladeira.

Ainda sem um terceiro nome para ocupar a bancada, o programa inventou um tal de Homem do Saco, que tenta disparar fofocas relevantes. Como de praxe, todo um mistério não revelado girou em torno do participante. Engraçado foi a Mamma o repreendendo, ao dizer que suas notas não mudariam a vida de ninguém. Logo, lembrou o telespectador de que o novo programa seguirá pelo mesmo caminho da irrelevância.

Diferente do "Hora da Venenosa", o "Fofocando" não enrola. O problema está na execução da fofoca. Fabiola & Cia fazem graça e diverte até com notícias que o público já conhece. É o que falta no programa do SBT. Se na concorrência o trio se consolidou pela espontaneidade, as apostas do Silvio Santos pecam pelo gesso, forçando piadinhas. Leão Lobo tentou um beijo gay com o Homem do Saco. O saco do rapaz até serviu de trocadilho.

O cenário é rústico, feio, lembrando um estúdio de telejornal reciclado. A sonoplastia é pobre. Todas as notícias comentadas, ou lidas pelo teleprompter, eram batidas, de conhecimento geral, nada de novo e baseadas "segundo" algum site por aí. Vale lembrar que a maioria das notas do "Hora da Venenosa" também não são exclusivas e facilmente podem ser encontradas nos portais da internet.

O programa não focou apenas na fofocaria alheia sem exclusividade. O próprio SBT serviu de pauta, como a cansativa participação da Larissa Manoela comentando "Cúmplices de Um Resgate", vídeo constrangedor do Celso Portiolli no YouTube, momento MC Gui no "The Noite", estrelas da web e de novela mexicana e concurso "100% Safadão" do Raul Gil. Quase um "Vídeo Show", da pior qualidade.

Veja também
Homem do Saco repercute mais que as fofocas do programa

O programa é ruim? É péssimo! A julgar pela estreia, não tem a menor chance de consideravelmente barrar o "Hora da Venenosa".

Aproveitando o estilo do "Homem do Saco", os apresentadores, junto com seu idealizador, Silvio Santos, deveriam urgentemente pôr um saco na cabeça, para cobrir a vergonha de lançar um programa à queima-roupa, sem o devido planejamento.

Aproveite e curta nossa fanpage no Facebook

Tecnologia do Blogger.