Recentes

Tecnologia do Blogger.

Sem quadro de dança, Eliana apela para assistencialismo

domingo, 3 de julho de 2016
Por: Guiga Bates, 03/07/2016
Eliana neste domingo (03)
Bastou o quadro de sucesso "Dance Se Puder" chegar ao fim na última semana, para Eliana voltar a ocupar quase todo o seu programa com quadros assistencialistas, pesteado de apelação e exploração de histórias tristes de gente sofredora.

Sem as estrelas mirins do SBT, apelar para desgraça alheia seria a única maneira do programa bater de frente com o seu maior concorrente no horário, que também abusa da temática, lá na Record. Somente neste domingo (03), Eliana levou ao ar três quadros assistencialistas.

A apresentadora correu atrás da dupla de cantores mirins Miguel e Thiago, que venceram o quadro “Sua História Vale Mil?” em fevereiro deste ano. Se aproveitando da história triste dos garotos, o programa "transformou" a vida da família deles. Os meninos ganharam uma preparação vocal e uma mudança de visual. A mãe participou do “Beleza Renovada”, aquele quadro que dar um grau na aparência.

Eliana utilizou a mesma tática do concorrente, Rodrigo Faro. Na mesma edição, a apresentadora também exibiu o "Força do Bem", bem "emocionante" e idêntico ao "Empurrãozinho", do "Hora do Faro". A fórmula é a mesma de sempre. Alguém precisa de ajuda e empresas aparecem para "ajudar".

E ainda teve o quadro “Sueli na sua Casa”. Sueli Rutkowski foi à casa de uma mulher acumuladora para colocar em ordem a bagunça acumulada por anos. Detalhe, a coitada sofria de depressão. 

É... Faro agora tem uma concorrente de peso, de igual para igual.

“Sueli na sua Casa”
"Força do Bem"
"Beleza Renovada"

Recomendamos para você