Disputando uma vaga para Jericó, hebreus lutam em UFC bíblico

Por: Guiga Bates, 14/07/2016
Hebreus lutam em cena do capítulo desta quarta (13)
A licença poética utilizada das novelas bíblicas da Record são absurdas e nada a ver com o contexto bíblico. No capítulo desta quinta-feira (14), enquanto um menino estava prestes a ser sacrificado publicamente lá em Jericó, os hebreus vibravam numa espécie de UFC bíblico.

Detalhe: as eliminatórias começaram no capítulo de quarta com três duplas no combate.

Com direito a arena e plateia torcedora, Melquias, Salmon e Iru lutaram para decidir quem seriam os dois espiões para entrar em Jericó. No final, Josué, encarnando Bruce Buffer, entra e anuncia que Salmon e Iru são os dois vencedores e espiões escolhidos. Antes de começar a luta, só faltou sair um ''It's time''.

Ridículo!

Além desse tipo de disputa não ser mencionado no livro de Josué, segundo a Bíblia, os assuntos não eram resolvidos desta maneira. Geralmente, o Líder consultava a Deus para tomar as decisões relacionadas a guerra. Mas, na adaptação da Record, pode tudo para causar intriga entre os personagens a fim de movimentar a trama, que já anda meio chata, parada e repetitiva.

Sobre o sacrifício lá em Jericó, creio que o público perdeu a paciência. Que demora para matar a oferenda! O evento sem sangue começou no início do capítulo. Quarenta minutos depois, o sacerdote do mal ainda estava discursando, Raabe orando e o irmãozinho dela vivinho da Silva no altar. Sabendo que o garoto não seria morto, cansado, troquei de canal.


Tecnologia do Blogger.