Apelando para polêmicas, Record tenta emplacar programa da filha de Edir Macedo

Por: Guiga Bates, 14/07/2016
Andréa Nóbrega no programa "The Love School" no sábado (09)
É notável a tentativa da Record para emplacar de uma vez por todas o programa da monótona Cristiane Cardoso, filha de Edir Macedo, dono da emissora.

De uns tempos pra cá, o "The Love School – A Escola do Amor ", também apresentado por Renato, o maridão perfeito, passou de um simples programa ancorado pela Igreja Universal a um espaço para famosos e polêmicas.

O caso mais recente da nova identidade do programa envolve a participação da atriz Andréa Nóbrega, que após o anúncio da separação de Carlos Alberto de Nóbrega, revelou supostas ameaças do ex-marido em entrevista durante o "The Love School", exibida no início da tarde do último sábado (09). Aliás, a esta altura do campeonato, ridícula e baixo-nível foram as declarações da divorciada. 

Com a participação polêmica de Andréa, além da repercussão, o "The Love School" elevou os índices deixados pelo "Esporte Fantástico" (3.4), ao marcar 3.6 pontos no Ibope da Grande São Paulo. Surtiu efeito.

Nesta mesma edição, Roberto Justus falou sobre a impressão que teve de alguns dos casais que participaram do "Power Couple Brasil", enquanto Renato e Cris ensinaram lições baseadas nos relacionamentos do reality. Curiosamente, a apresentadora Ticiane Pinheiro falou sobre sua separação e volta com o jornalista César Tralli.

Se somente abordando casamento não rende, por que não apimentar a atração com gente conhecida revelando detalhes da vida conjugal?

Nas edições anteriores, contratados da casa, como o apresentador Rodrigo Faro e esposa, a jornalista Adriana Araújo, e atores de "Os Dez Mandamentos" já foram convocados à escola para debater assuntos sobre casamento e vida familiar.

Nos intervalos comerciais da Record, chamadas apontam para um "novo 'The Love School'", sinal do investimento do canal. Mesmo com um programa fixo aos sábados, o casal blindado força a barra no "Minuto do Casamento", de segunda à sexta após o "Hoje em Dia".

Qual seria o interesse em bater tanto na mesma tecla e investir numa atração morna que geralmente amarga a terceira colocação no Ibope? Vender livros e convocar o público alvo à "Terapia do Amor", promovida pelo casal na Igreja Universal. O resto já sabemos, né?
Tecnologia do Blogger.