Recentes

Tecnologia do Blogger.

Webcelebridades infestam programas da TV aberta

sábado, 11 de junho de 2016
Por: Guiga Bates, 11/06/2016
Youtubers no "Programa Raul Gil" neste sábado (11). Foto: Rodrigo Belantani/SBT
Chama atenção o avanço das webcelebridades invadindo as principais emissoras do país. Ultimamente é quase impossível não encontrar um deles em programas de auditório ou variedades. Geralmente aparecem aos bandos.

Neste sábado (11), o "Programa Raul Gil" cedeu espaço para os Youtubers. O Jogo do Banquinho recebeu Nah Cardoso, Rezende Evil, Irmãos Piologo, Galo Frito, Daniel Saboya e Felipe Castanhari. São sempre os mesmos ou os mais famosos. No dia 30 de abril, Raul já tinha recebido outros Youtubers, dois deles voltaram ao programa. Felipe Castanhari é quase onipresente nos programas do SBT.

Felipe Neto e Thaynara no programa da Xuxa
A infestação toma maiores proporções no "Sabadão" e "Domingo Legal", ambos de Celso Portiolli, no SBT.

A Globo também não fica atrás. O "Encontro" de Fátima Bernardes vira e mexe convida alguns desta espécie.

O "Xuxa Meneghel", na Record, da última segunda (06), deu destaque a Felipe Neto, pioneiro do YouTube, e a celebridade do Snapchat, Thaynara OG. Na edição do dia 30 de maio, Whindersson Nunes, que faz grande sucesso na plataforma de vídeos, também esteve no palco da Xuxa. "Legendários" e o "Programa da Sabrina" também abusam com a participação dos famosos da web.

Na Band, a inclusão de Youtubers é literalmente agressiva. Num quadro de pura violência, o humorístico "Pânico na Band" apela com jovens que fazem sucesso na internet para se digladiarem no “Bate ou Regaça”. O quadro tem feito o maior sucesso entre o público jovem.

Chegamos ao ponto. A presença constante de webcelebridades em programas de TV tem por objetivo atingir e resgatar o público jovem que tem trocado os canais de televisão pelos canais do YouTube ou outras redes sociais. Toda vez que essa turma aponta em qualquer programa, um verdadeiro alvoroço se espalha nas redes sociais e implica até na audiência. 

Por outro lado, a presença constante dessa turma pode espantar aquele outro público que não faz ideia do que é YouTube, de quem se trata o fulano ou simplesmente por não achar graça no humor, escândalo e bizarrices desse pessoal da internet. Se eu perguntar pra minha mãe se ela conhece o Felipe Neto, vai retrucar de primeira: "É seu novo amigo?"

Outra explicação para tamanha infestação seria o custo. A presença dos famosos da internet deve sair bem mais barato do que convidar artistas tradicionais. Estes últimos, já estão investindo em seus próprios canais na web. É a tendência da vez. Adaptação aos novos tempos.

Nestes novos tempos, a TV tem tentado se enquadrar as novidades, porém é preciso estabelecer limites. Não aguento mais ligar a televisão e me deparar com Youtubers. Já não basta na tela do PC e do celular?

Recomendamos para você