Recentes

Tecnologia do Blogger.

Record terá que indenizar mais de 600 profissionais demitidos

quarta-feira, 15 de junho de 2016
Por: Redação, 15/06/2016
Retirada do logo da Record do Recnov e colocada do novo, da Casablanca (Foto: Reprodução)
Depois de tantas demissões ocorridas no extinto RecNov no ano passado por conta da terceirização do setor para a produtora Casablanca por um período de 5 anos, a Record e o Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro chegaram a um acordo que vai beneficiar mais de 600 profissionais que trabalhavam lá. Muitos até foram recontratados pela produtora.

O site do sindicato informa que cada ex-funcionário receberá R$ 11 mil, a título de indenização complementar.

"São beneficiários da ação os radialistas demitidos a partir do dia 23 de novembro de 2015 e que realizaram homologação no sindicato. Além desses, por deliberação da assembleia, também serão contemplados os funcionários com menos de um ano de casa que estiveram presentes em pelo menos uma das três assembleias realizadas pelo sindicato", diz o texto.

Segundo o colunista Flávio Ricco, a Record confirma as informações. A assinatura do acordo ocorrerá na semana que vem. A partir daí, a emissora terá 30 dias para depositar o valor total em uma conta bancária do sindicato, que terá mais 30 dias para repassar a indenização para cada trabalhador. Idosos, gestantes e ex-funcionários com doenças graves terão prioridade.

Recomendamos para você