Record pretende enfiar mais jornalismo na grade

Por: Guiga Bates, 21/06/2016
Marcelo Rezende, apresentador do "Cidade Alerta". (Foto: Reprodução/TV Record)
As tardes da emissora dos bispos ainda apresentam um problema na grade. As duas novelas tem audiência opostas. "Amor e Intrigas" vai razoavelmente bem na casa dos 6 pontos de média, enquanto "Chamas da Vida" se queima nos 5 pontos. Ambas apanham das mexicanas do SBT.

De olho nos resultados, a direção pretende por um fim no segundo horário de novelas no qual a "chama" não é tão forte.

Mas já? Dois motivos: não há tantas novelas estocadas para reprisar e precisa-se de um produto que segure os índices na faixa. Quem se habilita? Marcelo Rezende.

Segundo o colunista Flávio Ricco, a Record deverá impor mudanças na grade de programação entre o final de tarde, começo de noite. Cogita-se ampliar a duração do "Cidade Alerta". Atualmente o policialesco começa às 16h30 e vai até às 19h30. Se o segundo horário de novelas cair fora, Rezende vai entrar mais cedo.

Isso quer dizer que, durante a programação diurna indo até "Escrava Mãe", o jornalismo só terá descanso durante uma hora com a reprise de "Amor e Intrigas" às 14h45. O resto será puro jornalismo repetitivo, sangrento e apelativo. Vai-te pros infernos, Lixo! Depois me perguntam o porquê não me canso de falar mal da Record.

E você que assiste essa programação porca, não tem vergonha na cara ou merece. 

Vale lembrar que a mudança poderá ocorrer logo com a chegada da propaganda política.
Tecnologia do Blogger.