Recentes

Tecnologia do Blogger.

"João Kléber Show" é apenas um show de calouros

segunda-feira, 6 de junho de 2016
Por: Guiga Bates, 06/06/2016

Neste domingo (05), o ex-apresentador do "Você na TV" estreou seu novo programa na RedeTV!, o "João Kléber Show". O que dizer? Um show de calouros. Do jeito RedeTV! de ser.

O programa começou com um mega número musical. Logo após, João Kléber apareceu no palco gritando e prometendo humor e muita emoção. Tempo passa, João acerta no tom e vai se comedindo, sem muitas firulas.

Um quadro musical toma conta da atração. Eis o foco de todo o programa. Cantores amadores e desconhecidos participam de um concurso com a avaliação de jurados. A saber, Ovelha, Iris Stefanelli, Miranda e Nahim.

De um tudo, ex-catador de lixo com voz de tenor, ex-sorveteiro destruindo o inglês a índio cantando Cauby Peixoto. Detalhe importante: todos com algum drama de vida exibido num curto e bonito vídeo. Segundo o apresentador, afim de causar emoção, tais problemas invocaram o talento musical dos candidatos. A maioria deles carregava talento vocal, o resto, propositalmente, não passou de aberração, apenas dois. O prêmio é uma mixaria, mil reais. Uma dupla levou a melhor, metade pra cada. Risível.

Visível é o cuidado na escolha de boa parte dos candidatos, um desajeitado balé ao fundo e pequena banda com direito a backing vocals.


O que impressiona é a condução do João Kléber na externa. O cantor Andrea Bocelli foi entrevistado pelo apresentador lá na Itália. Sem exageros, rápido e objetivo. Não conhecia esse lado do João, pode ser bem aproveitado. Resta saber se nas próximas ele conseguirá outro nome de peso.

Lá no finalzinho, João preferiu apelar na hora de revelar quem era o cantor famoso (Fernando Mendes) que sumiu da mídia. No entanto, foi tão rápido que não comprometeu o resultado.

Acredite! Em comparação com o Gugu e outros apresentadores da TV aberta, o primeiro show do JK passou a rasteira. Seguindo sua proposta e formato, consegue ter mais conteúdo e ser assistível. De queixo caído! Afirmo com toda verdade que o novo programa do João passa bem longe das últimas baixarias televisivas promovidas por ele. 

No geral, um programa bem editado, porém cansativo pelo excesso de candidatos, dez no total. O cenário brega, poluído por tantas cores e formatos, pequeno para tanta gente posicionada, desde músicos, jurados, balé e inúmeras assistentes de palco. A plateia cumpre bem a função de animar o musical. Outro detalhe, lembra o programa do Chacrinha, só que mais arrumado.

Apesar dos defeitos, houve uma tentativa de oferecer um bom produto ao telespectador. Saliento, do jeito RedeTV! de ser. Se tudo não decair ao longo do tempo, o "João Kléber Show" pode se tornar uma alternativa para quem não é muito exigente. No meu caso, tô fora, detesto show de calouros.

Recomendamos para você