SBT e Record deveriam sentir vergonha

Por: Guiga Bates, 04/05/2016

A briga entre Record e SBT está longe de acabar. Pelo menos, a emissora de Silvio Santos não tem dado sossego aos bispos. Pelo quinto mês consecutivo, o Sistema Bolor de Televisão fechou o mês na vice-liderança no Painel Nacional de Televisão. Nas 24h, o SBT venceu a Record com 5,3 contra 5,0 pontos na medição do Ibope.

O PNT indica que, dos 30 dias do mês de abril, nas 24 horas da pesquisa, o SBT desbancou a Record em 18 dias, empatou em cinco e perdeu em sete.

Comemorar apenas 0,3 décimos? Onde está a graça nisso? Um aperto! Um vacilo do SBT e pronto, volta à terceira colocação. 5,3 é muito para uma emissora sem investimentos e parada no tempo. 

A outra investe tanto, se gaba tanto... pra fechar o mês e perder por 0,3 décimos na casa dos 5,0 pontos? Que vergonha! Não é essa a emissora que profetizava a liderança para os tempos atuais? A briga não é mais contra a Globo, é contra o SBT. A Globo tá lá, bem longe, na folga. Do que adianta a Record beliscar a liderança em alguns horários, se nem isso a salva do SBT?

As duas redes estão no mesmo páreo. Uma é cheia de mofo, e a outra é ousada, porém sem qualidade na programação. Realmente, 5,0 pontos tá de bom tamanho. Seria tão bom se a audiência fosse fracionada entre as maiores emissoras de TV do país. Mas... por enquanto, é justo a Globo sugar tudo, né?

O SBT segurou a vice em 24 programas nos consolidados das 15 cidades que compõem o PNT. A Band apareceu com 1,5 ponto médio. Disparada na liderança, a Globo teve média de 13,2 pontos.

Na média de 2016, o SBT está na vice-liderança com os mesmos 5,3 pontos apresentados em abril, enquanto a Globo detém a primeira posição, com 13,4 pontos médios. A Record, com 4,9 pontos em média, e a Band, com 1,5 ponto em média, aparecem na terceira e na quarta colocação, respectivamente.
Tecnologia do Blogger.