"RedeTV News" parecia a casa da mãe Joana

Por: Guiga Bates, 11/05/2016
Cenário do telejornal com a redação ao fundo
Queria entender o que estava acontecendo com o "RedeTV News" nesta terça (10). O principal jornalístico da RedeTV! penou no ar com várias falhas. Parecia a casa da mãe Joana.

O cenário (muito lindo) do telejornal é embutido, ou vive-versa, junto a redação. Um espaço aberto. Sendo assim, os microfones dos âncoras captavam o converseiro dos profissionais que trabalhavam ao fundo. Por duas vezes foi possível escutar o telefone tocar. Levantei achando que era o daqui. Sem falar de outros sons irritantes e pessoal passando muito perto por detrás dos apresentadores, distraindo a atenção do telespectador.

Não foi somente o pessoal do fundão que transformou o telejornal numa bagunça. O novato e experiente Sérgio Cursino estava perdidinho da Silva. Quando dividiu a tela com um repórter, deu as costas para ele e ainda procurou para qual câmera seria enquadrado. Suas opiniões sobre as pautas estavam rasas. Aparentava estar nervoso e inseguro no segundo dia ocupando a bancada na nova casa. Cursino entrou para ocupar a vaga de Luciano Faccioli, que agora comanda o "Olha a Hora!"

Na previsão meteorológica ao vivo, o telão resolveu pregar uma peça na jornalista e moça do tempo Luciana Camargo. Em certo momento o mapa foi repetido, deixando a coitada desorientada e sem graça ao seguir o roteiro.

Falhas de áudio e muito delay (tempo de atraso de um sinal) tiraram a paciência do telespectador. Enquanto Amanda Klein conversava ao vivo com o repórter Mauro Tagliaferri que estava em Brasília, os dois se embolaram por conta do atraso. Tipo assim: "Fale... não, pode falar... ok... fale...  sim, to escutando..."

O "RedeTV News" também sofreu dos mesmos problemas do "Olha a Hora!" com a transmissão de links ao vivo. Qualidade de imagem zero!

Parece que o motivo de tanta apreensão e correria por parte da equipe se devia ao fato de naquela hora a votação para a cassação do senador Delcidio do Amaral começar a pipocar no Senado. Por 74 votos a favor, nenhum contra e uma abstenção, o plenário do Senado cassou o mandato do senador Delcídio (sem partido-MS) por quebra de decoro parlamentar.

Muita correria e nervosismo para atualizar as informações.

Não justifica tamanho desalinho. Me admira uma emissora ter tanta tecnologia e pagar esse micão em rede nacional. "RedeTV News" já foi bom.
Tecnologia do Blogger.