“Terceiro Tempo” com Milton Neves: um programa jabá, disfarçado de esportivo

Por: Márcio Andrade, 03/04/2016
Milton Neves

Muito se fala que aqui no Brasil, existem programas esportivos. Discordo abundantemente. Ao menos na sua esmagadora maioria. O que se tem mais neste país, são projetos futebolísticos. Pior: incessantemente com formato idêntico: habitualmente um apresentador, mais ou menos três comentaristas homens, sem deixar o outro falar direito; e, nada obstante, qualquer assistente de palco/jornalista – com devido perdão da palavra – gostosa, e, recentemente, com tablet na mão lendo a participação dos telespectadores pela internet, e que diz entender de futebol.

Todavia, existe um em especial, que supera os demais, no quesito ruindade: “Terceiro Tempo”. A iniciar-se por aquela cenografia horrorosa, perto de completamente laranja, feita em chroma key. Será que a Band não possui verba para construir cenários físicos ou está copiando a fórmula da RedeTV! de gastar menos dinheiro com eles? Dúvida cruel!

E certo apresentador que busca através da polêmica angariar maior número de telespectadores para a sua atração. Momento contraditório: apesar do programa dele, debater, somente futebol, e ser antecedido justamente pelo… futebol, ele consegue derrubar a audiência do mesmo quase pela metade, num horário o qual o “share” é maior, e olha que falando basicamente só do Corinthians.

Mas agora vem o epicentro do problema. Como se não bastasse o seu programa ser ruim, e o fato da característica dele ser bastante obsoleta, parafraseando aquela música do KLB, “cada dez palavras que o Milton Neves fala, onze são merchandisings”. Assumo que eu já tentei vê-lo todo para, pelo menos, emitir uma opinião mais justa a respeito; porém, se ele fosse comida, o meu estômago rejeitaria a dita-cuja, por ser uma porcaria. Assim não sendo, e sim um projeto televisivo, resta-me então mudar de canal. Entretanto, para onde mudarei?, visto que as outras emissoras não ajudam. “É melhor ver o filme do Pelé”, ou desligar mesmo a televisão.
Tecnologia do Blogger.