Reinaldo Gottino é obrigado a pedir desculpas ao vivo após ser massacrado por internautas

Por: Guiga Bates, 15/04/2016
Gottino no BG desta sexta (15)
Nesta quinta (14), Reinaldo Gottino, apresentador do "Balanço Geral" SP meia-dia, ao exibir a notícia sobre o bate-boca do cantor Tico Santa Cruz num avião, criticou a atitude dos funcionários da companhia aérea Gol.

O público, principalmente aqueles que trabalham em companhias áreas, se revoltaram com as palavras do apresentador. Não me pergunte o que ele falou, pois não vi. Só acompanhei seu pedido de desculpas na edição desta sexta (15).

Quando percebeu a negatividade da repercussão, Gottino se viu na obrigação de "reconhecer" que se "excedeu" no comentário e falou demais. Disse que pediria desculpas no "Balanço Geral" por que foi de lá que saiu seu comentário. O apresentador se desculpou ao vivo aparentando estar sem graça.

Fuçando o perfil de Gottino numa rede social, ele já tinha se retratado no mesmo dia. Confira na integra:

"Só pra esclarecer o comentário que eu fiz hoje no Balanço Geral sobre o caso Tico Santa Cruz. Acredito que é um assunto pequeno, que seria fácil de resolver mas virou polêmica. Critiquei a postura de alguns pilotos (alguns) que ficam na cabine e nem sabem o que está acontecendo, deixando para os comissários esse fardo. E sempre que tem uma confusão, alguns comandantes acionam a polícia e resolvem sempre dessa forma. Sendo que a conversa, o diálogo são sempre as melhores formas. Eu Disse, que eu respeito um piloto como respeito qualquer outro profissional, como taxista, caminhoneiro, motorista de ônibus, jornalista. Os comissários de bordo hoje são sobrecarregados e assumem responsabilidades mas não recebem para tal. Achei o caso facil de resolver mas virou polêmica. Agora me faz um favor, só comente quem viu o programa, não comente porque ouviu falar. O meu respeito a todos os profissionais. Quem me conhece sabe o jeito que eu trabalho. Não quis ofender ninguém e peço desculpas se isso aconteceu."

Os internautas não perderem tempo e massacraram o apresentador. Leia a seguir algumas das bombas abalizadas para calar a boca do Gottino:


Só digo uma coisa: não é a primeira vez que o apresentador fala o que quer na TV. Vira e mexe, Gottino solta pérolas e até defende atitudes dos envolvidos nas notícias que transmite no "Balanço Geral". Outro dia, ele bateu o pé ao dizer que uma policial estava corretíssima ao sacar uma arma e apontar na cara de um adolescente, após sofrer deboche do garoto. 

Talvez a liderança que ele consegue no horário tem subido à cabeça do apresentador e anda se achando demais. Quem sabe depois dessa, ele não se contenha, né? 

Entenda o caso do avião:

O músico Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas, foi retirado por policiais federais de um voo da Gol na manhã da quarta (13) após discutir com funcionários da companhia.

Santa Cruz, que voaria de São Paulo para Maringá (Paraná), causou tumulto na aeronave após embarcar com atraso e sentar-se em um assento vazio. O músico foi informado de que o lugar tratava-se de uma poltrona conforto e que precisaria ter pago valor extra para poder viajar nela.

A discussão do cantor dentro da aeronave foi gravada por vários passageiros e alguns vídeos circularam pela internet.

Por meio de nota, a Gol confirmou a confusão e afirmou que a tripulação orientou o passageiro a voltar para o seu lugar, uma vez que não havia comprado as passagens na poltrona conforto. “A recusa do cliente gerou atraso na decolagem do voo e houve necessidade de acionar a Polícia Federal”, informou. A companhia afirmou ainda que não faz distinção entre passageiros e pratica as mesmas normas para todos os clientes. (Veja)

Tecnologia do Blogger.