Jornalismo hipócrita da Record acusa Kéfera de racismo e vlogueira reage

Por: Vitor Nobre, 25/04/2016
Kéfera com namorado
No domingo (17), o “Domingo Espetacular” exibiu uma reportagem sobre a polêmica envolvendo a paródia da vlogueira Kéfera Buchmann. Na reportagem, afirmou-se que o também vlogueiro e namorado de Kéfera, Gustavo Stockler, havia pintado o seu rosto para interpretar o cantor negro Drake. A suposta atitude seria um ato de racismo conhecido como BlackFace. O fato revoltou Kéfera e seu namorado, que afirmaram que o vlogueiro não pintou o rosto e que em nenhum momento foram procurados pela equipe da Record para esclarecer o fato.

“A Record hoje, no Domingo Espetacular, foi bem sacana. Eles falaram que a gente pintou a cara do Gustavo, sem antes procurar a informação verdadeira sobre o assunto. Tanto é, que eles nem vieram atrás da gente para saber, eles realmente falaram o que eles quiseram. Ou seja, é um jornalismo sem nenhum estudo por trás”
, disse a vlogueira no seu SnapChat. “Falta de ética!”, continuou Gustavo que estava ao seu lado.

Na reportagem que durou longos 13 minutos, a Record além de afirmar que os vlogueiros cometeram tal ato, ainda mostrou de forma sensacionalista pessoas que se sentiram ofendidas com a paródia de humor que foi tirada do ar recentemente por uma reivindicação de direitos autorais.

O estranho é que há pouco tempo existia um programa chamado “O Melhor do Brasil”, onde um apresentador branco, por várias vezes, teve de pintar sua pele para interpretar cantores negros num quadro chamado “Dança Gatinho”.

A reportagem contra a Kéfera não seria hipocrisia da Record? A emissora poderia ter perguntado às mesmas pessoas se elas também se sentiram ofendidas com as diversas imitações de Rodrigo Faro, contratado do canal, dedicadas a cantores negros.



Veja a seguir apenas alguns exemplos e sinta o nível de hipocrisia do jornalismo da Record:








Tecnologia do Blogger.