"Imperdível e incrível", diz jornalistas da Record ao anunciarem morte

Por: Guiga Bates, 14/04/2016
Zé Eduardo apresenta o "Balanço Geral Bahia"
Na manhã desta quinta (14) notei o quanto os jornalistas da Record adoram uma barbaridade.

César Filho, apresentador do "Hoje em Dia", num rodízio, convoca os apresentadores do "Balanço Geral" de algumas capitais do país. Quando apareceu Zé Eduardo, o Bocão, que apresenta a franquia para o estado da Bahia, deu para captar o nível de prazer que eles sentem em exibir desgraça.

Zé Eduardo informou a principal notícia da atração. Exibindo imagens, ela narra três agentes da guarda municipal abordando um homem na região da Praça Cayru, no bairro do Comércio, em Salvador, na tarde desta quarta (13). De uma hora pra outra, o indivíduo sai correndo e os agentes sacam a arma e começam atirar.

Segundo o apresentador, o suspeito é morto e garante dar mais informações sobre o caso logo que entrar no ar e atiça: "Imperdível e estarrecedor".

"Incrível", concorda César Filho.

Gente! Como assim? Um cara morre, não importa quem seja, e o fato deve ser encarado como imperdível e incrível? Um show!

Zé Eduardo, super popular no Estado, apresentava no horário de almoço o extinto "Se Liga Bocão" na Record Bahia. O programa era conhecido por não medir pudores na hora de exibir a criminalidade nua e crua, com requintes de crueldade e deboche. Sangrento ao extremo, pior que o "Cidade Alerta", de Marcelo Rezende. Ao que parece, Zé Eduardo não mudou muito.

Achei um dos vídeos sobre o caso "imperdível":


Tecnologia do Blogger.