Contrariando os pessimistas, "É de Casa" cresce e recupera a liderança

Por: Guiga Bates, 07/04/2016  
Time de apresentadores do "É de Casa"
Por isso dou valor a Globo. A emissora não desiste fácil diante de um aparente fracasso. Diferente da concorrência, persiste e bate o pé até que seu produto caia no gosto popular. Somente em último caso, quando não tem jeito, dão sumiço num programa flopado.

Depois de sofrer severas críticas dos pessimistas e apanhar ás mãos dos desenhos do SBT, o “É de Casa” se ajustou e cresceu 33% desde a sua estreia em agosto, resultando na recuperação da liderança global no horário. É o que informa o "Folha de São Paulo".

Em março, a atração comandada por Ana Furtado, Zeca Camargo, Cissa Guimarães, André Marques, Patrícia Poeta e Tiago Leifert anotou 8 pontos no Painel Nacional de Televisão (PNT). Cada ponto equivale a 684,2 mil espectadores. O programa de variedades passou a fechar com dois pontos de vantagem da programação infantil do SBT.

O "É de Casa" tem apostado num recurso que tem dado certo. Os tutoriais sobre beleza, culinária, moda, entre outros temas, tem chamado atenção do público. Tá vendo, gente? Paciência.

Um tempo depois do lançamento do programa em 2015, o Detona TV enxergou o potencial do matutino. Veja aqui!
Tecnologia do Blogger.