Bacci ainda não tem a cara do "Domingo Show"

Por: Guiga Bates, 24/04/2016
Bacci apresentando o "Domingo Show" neste domingo (24)
Não sei. Luiz Bacci parece não combinar com o "Domingo Show", dominical da Record, pelo menos até agora. Geraldo Luís, apresentador que esta semana foi suspenso pela alta cúpula do canal, imprimiu sua marca no programa. Sim, a pior marca, aquela que conhecemos, exploração e sensacionalismo da espécie mais vagabunda.

Apesar do lado ruim como apresentador e mais mala que fosse e ainda é, Geraldo como pessoa atrai por conta de seu forte apelo popular. Se mostra amigo do pobre e do desvalorizado. Se tornou a esperança para os "talentosos" e esnobados do Nordeste. Consegue como ninguém segurar os bestas em frente a TV. Pode ser que tais características o tenha impulsionado na Record. Para o público da emissora ele tem carisma. Credo!!!

Na verdade, o que faz sucesso na emissora dos bispos é o formato do programa. Histórias tristes, superação, drama, desgraça, pobreza, polêmica... se tem essa mistura, deu certo. Olha o caso da Xuxa, que tem evitado inundar seu programa com a apelação típica da Record! Sofre. Ao contrário, seria um sucesso. O Geraldo se encaixou perfeitamente neste perfil.

Com a entrada do Bacci, poderá haver um estranhamento. Dei uma olhada no programa deste domingo (24) e senti tamanha diferença na pegada. E olhe que não suporto o "Domingo Show", tampouco o Geraldo. O "menino de ouro", conhecido por puxar-tapete dos colegas, parece apresentar um jornalístico qualquer do canal. O "Domingo Show" é uma mistura de entretenimento com jornalismo. Geraldo sabia equilibrar, diferente do Bacci que não possui este "dom" e não sabe ser popular.

Em programa de auditório, Bacci é assombrado pelo fracasso. Lembra de sua ambiciosa passagem relâmpago na Band? Uma mistura de sei lá o quê! É claro que na Record a estrutura é maior. Só que o rapaz não tem o "carisma" do outro. Bacci é a cara do jornalismo da Record, assim como o Geraldo é cara de programas do tipo do "Domingo Show".

Na edição sob comando do Bacci, o dominical seguiu a mesma linha, o mesmo lixo. A diferença é óbvia, a ausência do Geraldo. No fundo, para fechar, Bacci e Geraldo nem deveriam ter espaço na TV. No entanto, a TV brasileira, outra que não presta, não vive sem eles. E um certo público também...

Em tempo:
Segundo o site Notícias da TV, Geraldo Luís foi visto nos corredores da RedeTV! na tarde desta sexta-feira (22), ao lado de Elias Abrão, superintendente artístico, e de Marcelo de Carvalho, vice-presidente. 


NOVO POST:
Mexeu com o ego dos bispos da Record? Geladeira nele!


Tecnologia do Blogger.