Globo parece não saber mais o que fazer com o "Vídeo Show"

Maíra Charken
Por: Guiga Bates, 26/04/2016

Certamente o telespectador da Globo nunca viu um programa mudar de cara e de apresentador em tão pouco tempo como o "Vídeo Show" ultimamente. Saco de pancadas da Record durante o quadro "Hora da Venenosa", a emissora que não aceita de jeito de nenhum ser jogada para vice-liderança, tem feito de tudo para estancar a fuga dos telespectadores.

O "Vídeo Show" já passou por diversas reformulações, incluindo diretor, atualmente está sob os cuidados de Boninho e o cenário ganhou uma cara nova, mais moderna e linda por sinal. O novo estúdio em vidro no Projac (Estúdios Globo) é de chamar atenção. O conteúdo da atração não é ruim, é aquilo mesmo. Já foi melhor anos atrás, mas...

Tudo muito bonito, mas a Globo acredita que o problema está na bancada. Vive mudando de apresentador(a). Desde a saída da Mônica Iozzi, a novela continua. Maíra Charken, escalada para ocupar a vaga de titular, tem comido o pão que o Diabo amassou nas mãos do público do programa. Diz ela que não se abate, mas não é isso que se conta nos corredores da Globo. Tá chateada, tadinha. Também, né? Os órfãos da Iozzi não dão sossego. Vivem ligando para a emissora para detonar a moça. Nas redes sociais é bem pior. O que falta para piorar o lado dela?

Incrivelmente a atriz Susana Vieira assumiu a bancada ao lado de Otaviano Costa na última quinta-feira (21) e para alegria da Globo, o vespertino atingiu 12,3 pontos de audiência na Grande São Paulo, média 30% maior do que nos meses anteriores, e superior a todos os programas de mesmo horário das outras emissoras. O VS só tinha batido uma quantidade tão elevada de pontos pela última vez em novembro de 2015, quando Mônica festejou seu aniversário de 34 anos ao vivo. Pronto, era o que faltava para a Globo oficializar a veterana no programa. Sim, bizarro!

Susana Vieira passa a dividir a bancada do "Vídeo Show"
Depois de tantas reclamações contra a Maíra, a Globo decidiu não removê-la diretamente. Haverá um rodízio de apresentadores na bancada e a substituta de Iozzi também fará externas para o programa. Olha a bagunça!

Para complicar a vida da Maíra, ao retornar para a bancada nesta segunda (25), novamente levou paulada da Fabíola Reipert. O "Vídeo Show" fechou com 9.3 pontos de média na Grande São Paulo, perdendo a liderança para a Record, que no mesmo horário alcançou média de 9.9 pontos. No confronto com o quadro “Hora da Venenosa” do “Balanço Geral SP”, o “Vídeo Show” teve 9 pontos, contra 11 da atração da Record, que chegou a picos de 12 pontos. Desesperador!

Lembrando que esta derrota acontece logo após duas vitórias sobre a Record no final da semana passada, quando não foi comandado pelos “titulares”. Na quinta, Maíra foi substituída por Susana Vieira e, na sexta, Joaquim Lopes e Alinne Prado (dupla super carismática) ocuparam a bancada.

Diante de tudo, o problema de audiência do "Vídeo Show" seria somente a rejeição de quem está na bancada? Talvez não, até a Mônica Iozzi sofria em sua época.

Além da forte concorrência da Record, alguns problemas e interrogações persistem:

1. "Vídeo Show" apela para o humor forçado. Não tem como o telespectador não se irritar e mudar de canal. Caras e bocas não dá! 
2. O tempo de duração é muito para um programa com poucas pautas realmente interessantes.
3. Vários programas da casa, como o "Encontro", tem sugado a temática do entretenimento e sobra o que para o VS?
4. Pegando a linha dos pontos 2 e 3, porque não passa a ser semanal, em vez de diário? Porém, vai pôr o que no lugar?
5. Susaninha é realmente a solução? Seu ego não prejudicará a imagem da atração? Vai ficar por quanto tempo? A atriz logo fará novela. É medalhão da Globo.
6. Mudar novamente o formato seria interessante, quem sabe retornar aos tempos áureos, antigos quadros de sucesso e tal.
7. Cancela logo essa desgraça e pronto?

Alguma outra solução viável? Porque a Globo parece que não sabe mais o que fazer para salvar o "Vídeo Show".
Tecnologia do Blogger.