SBT, uma emissora brasileira, naturalizada mexicana

Por: Márcio Andrade, 02/03/2016



Com bastante novelas mexicanas e o famigerado “Chaves” há anos em sua grade de programação, será que o SBT verdadeiramente poderia ser considerado brasileiro? SBT = Sistema Brasileiro de Televisão. Se levarmos em conta tantos enlatados mexicanos, o “Brasileiro” que faz parte do significado da sigla da emissora de Silvio Santos, não faria tão jus assim.

É fato que o SBT e a Televisa, cuja qual não é uma emissora, e sim, um conglomerado de mídia do México, de certa forma, sempre formaram grandes parcerias. No entanto, de tempos pra cá, ele acabou tornando-se quase refém das produções da terra de Chespirito (o famoso Roberto Bolaños, criador da série supracitada).

E isso é bom? Bem… A resposta é relativa. Para a emissora da Anhanguera, são mil maravilhas, principalmente por causa do custo benefício; para os artistas e profissionais deste país, é péssimo, já que, com tantos produtos estrangeiros, cada vez mais o mercado audiovisual do Brasil vai se apequenando e, consequentemente, deixa-se de criar inúmeras vagas de emprego.

Eu sou defensor ferrenho da meritocracia. Portanto, caso as produções mexicanas estão sendo favorecidas em vez das nossas, é porque, obviamente, elas têm méritos pra isso. Entretanto, se a nossa lei permitisse, quem sabe a Televisa, poderia comprar totalmente o SBT; e, caso isto ocorresse, com o poder econômico que ela tem, faria de verdade, uma grande concorrência contra a Rede Globo. E, não como a Record que, lamentavelmente, nunca passou de “fogo de palha”, fazendo no máximo
cócegas na emissora da família Marinho.

E o interessante, é que nem precisaria mudar de sigla, simplesmente o seu significado. De SBT: Sistema Brasileiro de Televisão, para Sede Brasileira da Televisa. Ou então: SBTelevisa.

Comente abaixo no Disqus!
Tecnologia do Blogger.