Sabrina e Mara berrando e Mion assistencialista é pra acabar com seu sábado à noite

Por: Guiga Bates, 13/03/2016

Mion e a gordinha
Sábado à noite na Record é sinônimo de imundices televisivas...tenho uma fissura em rotular programas da emissora dos bispos como "imundice", me julgue e prove que estou errado. Programas de auditórios sem conteúdo, vazios, repetitivos, é o que você vai ver.

A começar pela atração da Sabrina Sato. Destaque da noite? Ela, a mesma de sempre, Mara Maravilha. Não sei como alguém suporta a essa Maravilha de pessoa? Que ser chato! Neste sábado (12), a ex-Fazendeira foi destaque no "Programa da Sabrina", um programinha besta e inútil da Record.


Primeiro, numa falsa entrevista de emprego em que Sabrina manipulava a convidada afim de armar uma pegadinha com as candidatas à vaga, Mara gritava, berrava e simulava. Meu Deus, torturante! A impressão é que ela não estava fingindo durante a pegadinha, estava sendo ela mesma. Sabrina também abria o berreiro. Diminuí imediatamente o volume da TV, meus ouvidos não suportaram os berros da Mara e Sabrina ao mesmo tempo. A intenção era fazer rir e divertir? Uma idiotice.

A segunda parte da aparição da Mara, focou na emenda "Comenta ou Pimenta". Mara teve que abrir o jogo e falar tudo sobre polêmicas e "A Fazenda". Na recusa, teria que comer uma pimenta. Mara comentou as notas que circularam na imprensa envolvendo seu nome. Nada de novo, novo só a pimenta. Falar mais o que, gente? Desde que essa mulher saiu do reality não sobrou mais nada. Ela não tem nada de maravilhoso para oferecer. Nunca teve. Que coisa mais requentada, que falta de assunto ou algo melhor, Sabrina! Lembrando que há um mês, Mara Maravilha virou mendiga por um dia num teste do Gugu.

Foi na externa com a Mara que a Sabrina encerrou seu programa, sem ao menos dar tchau para a plateia no estúdio. Graças a Deus. Imediatamente para não deixar escapar pontos no Ibope, dividindo a tela, a japa chama Marcos Mion com seu "Legendários", outro programinha besta e inútil da Record.

Acredite, Mion decidiu incorporar o estilo do Rodrigo Faro, Gugu e Geraldo Luis. O apresentador começou o programa indo atrás de uma gordinha que já tinha dançado no palco do "Legendários". Choro, emoção, música melosa ao fundo, mãozinhas dadas, vida sofrida, superação e surpresas. Foram quase 40 minutos dedicados a história da dançarina Joyce. Assistencialismo, hein, Mion? Repara no GC da imagem lá no topo. Se rendeu. Não aguentou a pressão do "Sabadão", do SBT. Quando o programa não dá certo, o jeito é aderir ao que a Record sabe fazer de melhor, explorar a vida alheia.

Nada que preste, duas imundices, mesma coisa, só muda o rótulo e apresentador."Programa da Sabrina" e "Legendários" é a combinação perfeita pra acabar com seu sábado à noite.

Comente abaixo do Disqus.
Tecnologia do Blogger.