Os melhores pares românticos das novelas das seis - Parte 01



Se hoje as shippadoras estão divididas entre “Jolisa” ou “Arlisa”, nem sempre foi assim. Muitas novelas deixavam a desejar no quesito par romântico. Muitas vezes pela falta de química dos atores, ou pelos péssimos rumos que o autor dá aos personagens.

Faz muita falta um bom casal para torcemos na novela! Em “Eta Mundo Bom!”, torcer pelo amor de Candinho pela chata Filomena está fora de cogitação.

Pensando nisso, resolvi listar aqueles casais que nos fizeram vibrar, sofrer e festejar junto com eles. Simbora!

Sinhá Moça (Debora Falabella) e Rodolfo (Danton Mello) / Sinhá Moça (2006)


Sinhá Moça não era nenhuma mocinha chorona! Enfrentava seu pai, o temido Barão de Araruna (Osmar Prado), sem pensar duas vezes! Lutava pelo que acreditava, pela liberdade! Rodolfo era um jovem idealista que se apaixonou pela moça e foi capaz de fingir-se de escravocrata para dobrar o pai dela.

Os dois se conhecem no trem, quando Sinhá Moça, depois de terminar seus estudos na capital da província, retorna a Araruna. Assim como Rodolfo, ela tem idéias abolicionistas e critica as atitudes do pai, lutando em defesa dos negros. Sinhá Moça, junto com Rodolfo e outros abolicionistas, invadem as senzalas à noite e libertam os negros, entregando-os às associações abolicionistas, que os orientam no rumo à liberdade.

Juntos lutaram pelo seu amor e pela liberdade dos negros, um casal inesquecível!

Laura (Marjorie Estiano) e Edgar (Thiago Fragoso) / Lado a Lado (2012)


Laura foi uma mulher a frente de seu tempo! Enfrentava sua mãe, a ex-baronesa Constância (Patrícia Pillar), queria trabalhar fora, não depender de homem nenhum. Mas, mesmo contra sua vontade,  acabou casando com o filho do senador Edgar.

Um casamento que começou forçado, se tornou uma linda história de amor. Com muita química, os atores nos encantavam em lindas cenas românticas e dramáticas. Mesmo assim, Laura teve coragem de pedir o divórcio quando achou que devia. Simplesmente uma mulher forte.

Ana Francisca (Mariana Ximenes) e Danilo (Murilo Benício) / Chocolate com Pimenta (2003)


Depois de ser humilhada e achar que o culpado tinha sido Danilo, Aninha decide se vingar! Ela volta depois de anos vivendo na Argentina, linda e rica, tocando o terror em Ventura!

Danilo era muito imaturo! Mas seu amor por Ana era claro para o telespectador, e nos simpatizamos demais por causa disso. Torcemos muito para que acabassem as tortas na cara e brigas e que os dois ficassem juntos.

Lívia (Alinne Moraes) e Felipe (Rafael Cardoso) / Além do Tempo (2015)


Alinne fez sua volta triunfal às novelas, e Rafael Cardoso teve o seu melhor papel na televisão nesta novela de Elisabeth Jhin. Os dilemas na noviça Lívia eram críveis, nós sofríamos por ela e com ela. Como não se apaixonar por alguém que luta contra um amor proibido?

Felipe nos encantava com a áurea de um príncipe. Lutar pela amada e abdicar da mimada e chata Melissa (Paolla Oliveira). A cena mais linda da novela é inclusive de contos de fada, quando Felipe dá o braço convidando-a a montar com ele no cavalo e os dois fugirem do casamento do próprio com a Melissa. Realmente um casal perfeito!
Tecnologia do Blogger.