O SBT não merece a torcida que tem

Por: Guiga Bates, 23/03/2016


Você já viu a nova companha do SBT? (Depois dê uma olhada aqui) A emissora divulgou no último domingo (20) um vídeo promocional exaltando os fãs do canal, os chamados SBTistas, aqueles aspiradores de pó que se agradam com qualquer coisa que o canal põe no ar e que comem calados diante das decisões mirabolantes que a mesma toma. Por pior que seja a programação do SBT, o SBTista fiel pode até reclamar, mas não a larga por nada. Mau gosto desgraçado, viu?

O público do SBT é caracterizado por crianças e adolescentes, donas de casa desocupadas que adoram as mexicanas vespertinas e idosos que suportam o "Programa Sílvio Santos", a título de exemplo. Um público limitado oriundo de uma emissora limitada.

O slogan da campanha, ridículo por sinal, é: "SBT - A TV que tem torcida". Veja a justificativa de Fernando Pelégio, diretor de Planejamento Artístico do canal, sobre o objetivo da campanha direcionada ao fãs. “São pessoas que, espontaneamente, se autodenominam ‘SBTistas’, torcem e vibram com tudo relacionado ao SBT. Nenhuma emissora tem isso. É um ativo muito forte que vamos nos apropriar ainda mais, em um momento em que essa torcida só cresce, com o surgimento de novidades e inovação em nossa grade. E hoje, o que mais uma emissora de TV pode valorizar do que o carinho, fidelidade e crescimento de sua torcida, sua audiência?”

A emissora apresenta novidades e inovação? Não!!! O SBT não cansa de receber críticas negativas sobre a falta de investimento no jornalismo, grade voadora e enlatados. Assim, a única parte em que Pelégio tem razão é: "SBTistas’, torcem e vibram com tudo relacionado ao SBT". Enquanto o SBT tiver um público tão fidelizado e tratado com "carinho" pela própria, a garantia de audiência é certeira.

O SBT tem chances de crescer em audiência? Parece que não, vive estagnada no embate por décimos contra a Record na briga pela vice-liderança. Segura a vice, mas não com folga. Interessante é que mesmo com pouco investimento comparado com a Record, o SBT ainda se mantém firme. Culpa de quem? Do seu público fiel, a sua torcida. Também não cresce mais por que não tem muito o que oferecer para atrair um novo público. Seu público será o mesmo de sempre.

É super natural uma empresa querer fidelizar, agradecer e valorizar o consumidor. A campanha acertou em exaltar isso, aparentemente. "E se eles perderam a paciência? Vamos agradecer a torcida fiel, por que sem eles estaremos lascados". O vídeo só denota o tamanho da comodidade e dependência do SBT em relação aos seus fãs. A torcida se acostumou com o lixo do canal e a direção se apropriou da passividade deles. O público aceita e o SBT continua na mesma. Até que ponto isso é bom?

O SBT diz que preza sua torcida, quando na verdade, se aproveita do amor, da boa vontade e esperança que ainda resta em seus fãs. Se os valorizasse de verdade, os presenteira com uma grade digna. Mas... fã é fã, engole tudo.

A consideração do Silvio Santos é tão grande por seu fiel público, que ele nem se deu ao trabalho de aparecer ao lado de seus contratados no vídeo, em seu lugar enviou um bonequinho cabeçudo para tapear... e novamente a torcida engoliu mais uma desfeita.

O SBT não merece a torcida que tem. Minha torcida é para que o público do canal cresça e canse. 
Tecnologia do Blogger.