Noite de quarta-feira maldita - De baixaria a Pai de Santo, teve de tudo um pouco na TV

Por: Guiga Bates, 24/03/2016

Morro de pena de quem é obrigado a ver TV aberta por falta de opções. Nesta quarta (23), a televisão brasileira, mais precisamente na linha de shows do horário nobre das principais emissoras de TV do país, tocou o terror. Estava impregnada de lixo para todos os gostos e credos! De baixaria a Pai de Santo, teve de tudo um pouco.

No SBT, o "Programa do Ratinho" exibiu o tradicional "Teste do DNA" ao vivo. Se na semana passada o quadro foi pacífico, nesta quarta convocaram os que tem de pior para segurar a audiência no embate contra o Gugu, na Record. Uma confusão, brigas, xingamentos, correria. O reduto da baixaria, um circo. Armação ou não, vergonhoso algo desse nível numa TV que se diz "família".

Veja também:
"Teste do DNA": dessa vez a "cobra não fumou"


Na Record, o programa "Gugu" abusou do sensacionalismo barato. Exibiu uma entrevista com a filha do cantor Leonardo e expôs pela primeira vez na TV, o bebê do ator Sandro Pedroso, com direito a suspense sobre a doença da mãe e da criança.

Tem mais, uma longa matéria explorou a condição depressiva de um antigo apresentador de TV, depois da morte de sua esposa. Mais suspense...No início, uma interrogação escondia a cara do Paulo Barboza antes de ter sua identidade revelada. Gugu tentou prender o telespectador guardando o último desejo que a mulher tinha feito ao marido antes de morrer.

Atração musical? Desta vez, sim. Advinha? Eduardo Costa, de novo. Mais suspense...Gugu mostrou uma caixa azul e disse que ali dentro tinha algo que interessasse o cantor. Só mostraria o conteúdo no final, é claro. Uma pessoa que apela para "O que tem dentro da caixa?" merece algum respeito? É assim que o Gugu consegue segurar a audiência.

Veja também:
Eduardo Costa domina programas da Record


No "SuperPop", da RedeTV!, uma pauta meio que assustadora e curiosa para muitos. A ex-Bruna Surfistinha foi destaque abordando sua mediunidade espírita com direito a Pai de Santo de Umbanda dando aula sobre premonição e psicografia.

"Se eu incorporar um espírito...", disse o Pai de Santo. "Eu saio daqui correndo", respondeu a apresentadora. Luciana é conhecida por gostar de apelar para um batuque em seu programa. Só mesmo o "além" para atrair a audiência para o "SuperPop".


Entre as grandes emissoras, as únicas atrações assistíveis e nada apelativas no horário, estavam na Band e Globo, "Os Simpsons + um filme peba" e Futebol, respectivamente.

Que noite de quarta-feira maldita, hein? Se não fosse pelos canais fechados e internet, já teria aposentado minha TV.

Veja também:
Para quem não vive sem a telinha, Netflix é a melhor alternativa
Tecnologia do Blogger.