“Dona Florinda” no “Gugu” vs “Dona Florinda” no “Programa do Ratinho”: qual a melhor entrevista?

Por: Márcio Andrade, 17/03/2016
"Dona Florinda" recebeu o apresentador Gugu em sua mansão em Cancún, no México

Há bastante tempo eu não via o programa do Gugu. Nesta quarta-feira (16/03), resolvi abrir uma exceção, devido a entrevista que a atriz mexicana Florinda Meza, intérprete da personagem Dona Florinda, concedera para o apresentador Augusto Liberato; e, claro, por que não dizer, pelo fato da TV Globo São Paulo não transmitir a partida do meu time de coração, Palmeiras, o que dificilmente acontece. “Ah, mas o jogo do Palmeiras pela Copa Libertadores é nesta Quinta-feira!”. Beleza. Como se isso fizesse alguma diferença. Infelizmente, por causa do monopólio global – mérito dela, obviamente! – no futebol, ela não transmite e nem deixa os outros transmitirem. Pronto!

Voltando ao assunto. Apesar do Gugu, ter dado uma guinada macabra e mais popularesca para o seu programa, entrevistando assassinos e sub-celebridades, respectivamente, é inegável que ele nunca deixou de ser um grande apresentador. O que eu vi ontem em seu programa, pelo menos na parte da entrevista da atriz mexicana, lembrou-me os seus tempos áureos quando ainda trabalhava no SBT: perguntas objetivas, claras, sem rodeios… Se teve alguma compensação por trás disso – sem duplo sentido –, financeira, não sei, entretanto, caso você tenha visto-a, não temos como negar que a interlocução fora bem conduzida.

Florinda Meza, ou, Dona Florinda, como queiram, falou tudo e mais um pouco. E, de modo redundante, Augusto Liberato indagou àquilo que, com certeza, gostaríamos que ela respondesse. Este é o papel que o entrevistador e/ou jornalista tem que fazer. Não se interpela ao entrevistado o que ele quer responder, e sim, o que o mesmo, precisa responder. Parabéns pelo bom trabalho, ao Gugu e a toda sua equipe de produção, desde produtores, editores, diretores etc., más, principalmente, aos roteiristas pelas boas perguntas que eles elaboraram! Quando o serviço é corretamente executado, temos que reconhecer.

No dia da entrevista, Ratinho perdeu para o Gugu no Ibope
Sobre Dona Florinda no “Programa do Ratinho” (24/02), dizer o quê? Carlos Massa nunca me convenceu como entrevistador. Para mim, é muito fraco. Aliás, nunca foi o seu ponto forte. No entanto, a partir do momento que ele precisa de perguntas enviadas por telespectadores através do Twitter (momento vergonha alheia!), para comandar uma entrevista, é sinal evidente que o mesmo está muito, muito, muito mal cercado por péssimos redatores.

Em outras palavras: aquilo não foi uma entrevista; fora um emaranhado de nada com alguma coisa.

O que você acha? Quem se saiu melhor, Gugu ou Ratinho?
Tecnologia do Blogger.