Autor se contradiz e comete deslize grotesco em reta final de “A Regra do Jogo”

Por: Vitor Nobre. 07/03/2016



Quem acompanha “A Regra do Jogo” desde o início, pode ter se intrigado com um erro grotesco que foi levado ao ar no capítulo deste sábado (06). A trama que inicia hoje a sua última semana, cometeu uma gafe imperdoável por falta de atenção do autor e de sua equipe.

No capítulo que teve como destaque a derrocada de Gibson (José de Abreu), Kiki (Deborah Evelyn) decide depor contra o pai. No meio do depoimento, a filha do chefe da facção conta que descobriu que seu pai era um bandido logo após escutar conversas entre Gibson e Romero (Alexandre Nero) pela casa e por isso foi vítima de um sequestro.

Talvez Kiki esteja com algum problema de memória, mas na época, Romero não imaginava que Gibson era um bandido e só descobriu que seu sogro era o chefe da facção 10 anos depois, assim que a loira o prendeu no cativeiro em que passou boa parte de sua vida. Romero chega a tal conclusão, quando se depara com Gibson na casa de sua filha, sendo que o mesmo dizia acreditar que ela estava morta.

Esse capítulo foi ao ar no dia 16 de dezembro do ano passado e mostra Romero completamente surpreso com a revelação. Aparentemente essa história foi alterada e de uma hora para outra, Romero sempre soube da identidade do pai. JEC e suas reviravoltas!

O que achou desse deslize do João Emanuel Carneiro? Comente abaixo no Disqus
Tecnologia do Blogger.