"Planeta Extremo" estreia com tragédia e repórteres em pânico

Por: Guiga Bates, 15/02/2016

Carol Barcellos estava no Nepal para gravar o 'Planeta Extremo'
Incrível a ponto de deixar o telespectador sem fôlego e emocionado. É o que tenho a dizer sobre a estreia do novo "Planeta Extremo", neste domingo (14), na Globo. Carol Barcelos e Clayton Conservani, juntos com sua equipe, registraram vividamente a tragédia do Nepal ocasionado por um terremoto que causou cerca de 10 mil mortes em março e em abril de 2015. 

A equipe do "Planeta Extremo" estava no país para gravar um episódio quando foram surpreendidos pelo pior terremoto registrado naquele país nos últimos 80 anos. Direto da capital Katmandu, foi a primeira equipe de TV estrangeira a entrar ao vivo com informações. A cobertura dessa tragédia abriu a nova temporada do programa.

O que foi mostrado nos jornalísticos da Globo na época da catástrofe, não se compara com o material inédito e recolhido deste episódio de estreia. Pânico e correria estampavam a cara da equipe ao ser pega de surpresa pelo terremoto. Uma riqueza de detalhes. Se você quer saber qual a sensação de ter a terra tremendo debaixo de seus pés, bastava olhar para a reação da Carol Barcelos num exato momento de um novo tremor. Foram atrás de aventura e encontraram, da pior forma.

Com uma edição de imagens de primeira, depoimentos exclusivos e repórteres mais humanos do que nunca, o "Planeta Extremo" voltou com tudo! Nos próximos episódios, o público certamente deverá perder o fôlego, dessa vez com aventura natureba, não com uma tragédia inesperada. 

Um detalhe: a arte de abertura do programa é bem vagabunda, vamos melhorar isso aí, Rede Globo!

"Planeta Extremo" será exibida na Globo até 29 de março, todos os domingos, logo depois do "Fantástico".

Tecnologia do Blogger.