Enquanto as outras cobrem o Carnaval, Record paga de crente

Por: Guiga Bates, 07/02/2016


Carnaval pegando fogo e muita correria nas principais emissoras do país a fim de entregar para o telespectador caseiro a melhor ou pior cobertura da festa.

A nível de exibição nacional, o SBT e Band nessa época do ano investem pesado na cobertura do povo festeiro de Salvador, na Bahia. Pelo menos, as duas emissoras com fama de acomodadas se movimentam com o "Folia". Com camarotes-estúdios super equipados instalados no circuito da festa, os apresentadores fazem questão de atrapalhar o andamento da folia batendo papo com os artistas que estão em cima do trio. Os cantores aproveitam para se promover.

A Globo se concentra na ponte Rio-SP no "Carnaval Globeleza". Chato é ter que aguentar esse samba insuportável, sem graça e repetitivo invadir e interromper a transmissão local das afiliadas.

Até a RedeTV! que não vale nada, se interessa em cobrir os bastidores e baixarias das sub celebridades durante a festa.

Mas Record finge que o Brasil tá sossegado e nem sequer se importa em cobrir decentemente a maior festa do mundo. Nenhum investimento. A emissora do Edir, especificamente SP e Rio, não se envolve no mundanismo do "adeus à carne" por que é ligada e praticamente controlada pelos bispos da Igreja Universal do Reino de Deus. Prefere pagar de crente. Vale salientar que a Record Bahia comete todos os pecados do Carnaval com uma mega cobertura na capital baiana.

Como aconteceu nos anos anteriores, a Record "mãe" limita-se apenas à rasa cobertura jornalística do evento.

Comente abaixo no Disqus!
Tecnologia do Blogger.