Relembre os vencedores de todas as edições do "Big Brother Brasil"


Em 2002, foi ao ar a primeira edição do Big Brother Brasil, programa que todo ano ganha uma nova edição, com novos participantes que optam por ficarem confinados alguns meses em uma casa cheia de câmeras. E para entrar no clima do 16º ano do programa, que estreará no dia 19 de janeiro, que tal relembrar todos os vencedores das edições passadas?

A começar pelo Kléber! O jeito caipira e meio criança dele, além de seus músculos, fez com que ele ganhasse o apelido de Bambam na casa. Pois foi graças à esta personalidade que ele se tornou o vencedor da primeira edição do BBB.

Rodrigo não deixou sua fé de lado enquanto participava da segunda temporada do reality. O peão sempre recorria à Nossa Senhora Aparecida nos momentos bons e ruins. No final, ele se tornou o grande campeão daquele ano.

Dhomini teve alguns inimigos na casa e enfrentou um dos piores paredões: com sua então namorada Sabrina Sato. Ele resistiu a todos que eram contra ele dentro da casa, ganhou o carinho do pessoal do lado de fora e venceu a terceira edição do BBB.

Cida marcou a história do reality show ao se tornar a primeira mulher a vencê-lo. Ela era quieta dentro da casa, mas quando precisava, sabia se posicionar. Quem lembra dela brigando com Marcelo Dourado e falando mal dele para os outros?

Jean Willis preferiu não levantar a bandeira da homossexualidade dentro do programa e se preocupou em jogar limpo, além de estreitar seus laços de coleguismo. E derrotou a bela Grazi Massafera na final da quinta edição.





Mara era a grande mãezona da sexta temporada. Dificilmente alguém tinha algo negativo para falar a respeito dela. A simplicidade e carisma da participante a levaram para a vitória.

Diego, conhecido como Alemão, foi polêmico: brigou com muita gente, teve affair com duas mulheres da casa (às vezes ao mesmo tempo), mas não desagradou o público e, por isso, venceu a sétima temporada.



Rafinha resistiu às investidas de algumas mulheres (ele tinha namorada na época), preferiu fazer a linha paz e amor ao invés de comprar brigas e acabou faturando a oitava edição.

Max também foi outro competidor do BBB que sabia muito bem o que queria dentro da casa. Era estrategista, sem que isso significasse jogar sujo. Resultado: ganhou a nona temporada!



Marcelo Dourado teve a oportunidade de voltar ao reality show e mudar sua imagem, que ficou bastante queimada na quarta edição. Mesmo se envolvendo em algumas polêmicas - muitas delas relacionadas a sua opinião sobre homossexualismo - ele foi o grande vencedor da décima edição.

Depois de quatro temporadas, uma mulher voltou a vencer o BBB. E foi Maria, que cativou o público ao sofrer por amor e, depois, dar o troco se relacionando com outro homem na casa.


E na 12ª edição foi Fael quem saiu milionário e foi direto para o Gran Hermano, versão espanhola do reality, comemorar a vitória.

Se intitulando princesa, Fernanda Keulla, namorada do príncipe André, venceu a 13ª edição. A advogada, após se tornar milionária, participou de vários programas de TV, inclusive na Globo.




Na edição de 2014, a grande vencedora foi Vanessa, com 53% dos votos. A final foi competida entre Clara, com quem manteve um relacionamento na casa, e Angela, que foi a vice-campeã

Já no ano passado, Cézar Lima foi coroado como o campeão no BBB 15. Com 65% dos votos, ele ganhou de Amanda, que disputava a final com ele. O cowboy ganhou a simpatia do público com seus trejeitos divertidos e seus discursos sempre caprichados e cheios de palavras longas - nas quais ele até tropeçava vez ou outra, rendendo algumas das melhores pérolas do programa. 

E agora, quem será o grande campeão da 16ª edição do reality? A partir do 19 de janeiro, na Globo, conheceremos o possível novo milionário!
                                                                                                                    Com informações do MSN
Tecnologia do Blogger.