Quem é o pior apresentador do "Hoje em Dia"?

Por: Guiga Bates. 21.01.2016
As bombas do 'Hoje em Dia"
A revista eletrônica matutina da Record que mistura o jornalismo de sempre, utilidade pública e demais inutilidades, tem no comando atualmente quatro apresentadores. Cobrindo as férias de César Filho, tem Britto Jr. acompanhado por Ana Hickmam, Renata Alves e Ticiane Pinheiro comandando o "Hoje em Dia", aquele programeco que torce para que exploda uma polêmica, tragédia ou morte de artista para subir seus índices de audiência.

Que quarteto fantástico! Mentira, uma bomba! Uma façanha juntar num só programa tantos apresentadores ruins e deslocados. Por falta de boas opções a Record não tem outra saída a não ser escalar esses sem jeito. Vamos a detonada?

Ana Hickmann só tem perna, altura e beleza. E só! Carisma, simpatia, naturalidade e talento para comandar um programa de TV, nunca teve. Parece uma máquina falando. Até sua voz dói nos ouvidos. Um porre. O público tem que engolir este poste na TV por conta dos patrocínios que o marido arruma. Aí é forçar demais. Nem fazendo merchan consegue se sair bem. Aliás, a maioria das vezes que a modelo aparece na tela é fazendo propaganda. Hickmann é daquelas que passa anos fazendo TV e não aprende nunca, só vai piorando com o tempo. Sem formação, ficou famosa pela beleza e aproveitou, mas esqueceu de se preparar. Já ficou podre de rica e continua péssima, chata e sem conteúdo. Um milagre essa criatura continuar na TV. Na Record tudo é aceitável, né?

Britto é um caso perdido. Deixou de ser jornalista e virou sub-celebridade. Nem ler as notícias com naturalidade ele consegue mais. Por misericórdia, a Record resolveu tirá-lo da geladeira e dar mais uma chance, só que dessa vez temporária. Pense num homem rejeitado pelo público. Boatos de que o cara é invejoso, prepotente, fofoqueiro e causa tumulto por onde aparece. Se passasse anos fora da TV ninguém sentiria falta. Devia voltar para Fazenda, lá no meio dos animais.

Ticiane Pinheiro é aquela que nada acrescenta. A cara de paisagem do programa. Doidinha, sem noção e perdidinha. Diferente da Ana, tem carisma e simpatia. Só que nunca deveria estar encabeçando uma atração. Poderia ser escalada apenas para fazer matérias externas de nível cômico e besteirol, o ideal para dar um certo alívio a essa atração sem personalidade empestado de notícias e pautas pesadas ou apelativas.

Renata Alves é um doce de pessoa, mas também não se encaixa. Era repórter especial do "Domingo Espetacular", produzia aquelas reportagens longas, chatíssimas e até constrangedoras em torno da cultura e curiosidades nordestinas, tudo mal editado. Causa uma certa estranheza o seu carregado sotaque originário do Nordeste. (Antes que me condenem, sou da Bahia, tá? E tenho sotaque puxado e me orgulho disso) Não combina com um programa tão "paulistanizado". Questão de tempo para o público se acostumar.

Britto e o trio não passam de uma tragédia! Que falta fazem o Edu, Chris Flores e Celso Zucatelli. Não sabia dar valor na época. Ou será que os atuais são tão ruins que os antigos se tornaram bons?
Tecnologia do Blogger.